Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Volta Ao Mundo

Filipe Vaz Correia, 27.01.19

 

Dei tantas voltas ao mundo;

Mas sem saber regressava,

Sem querer soletrava,

Ao que perdido se encontrava...

 

E a cada oitava,

Se repetia a escrava,

Palavra...

 

De mim mesmo.

 

Dei tantas voltas ao mundo;

E só em teus braços fazia sentido,

O que num segundo,

Era porto ferido,

E noutro segundo,

Era amor vivido...

 

Sem medo.

 

Dei tantas voltas ao mundo;

E só a teu lado,

Me senti...

 

Feliz.

 

4 comentários

Comentar post