Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Um Sonho...

 

 

 

Não sobraram janelas para vislumbrar;

Nem portas para abrir,

Esconderijos a entrelaçar,

Os sonhos por colorir...

 

Não regressa mais o mar;

Com o mesmo desperançado bater,

Das ondas a encenar,

Memórias por viver...

 

Não sorri mais a alma;

Perdida por entre esse olhar,

Desejando o que outrora,

Hesitou adivinhar...

 

E foi voando o tempo;

Esse presente agora passado,

Foi virando esquecimento,

Esse futuro desejado...

 

Não se encontram mais as palavras;

Letras para tal poesia,

Disfarçando em cada lágrima,

Esse sonho de um dia...

 

Um sonho de amor.