Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

24
Abr20

O Amor Não Tem Limites!

Filipe Vaz Correia

 

Este vídeo deixou-me emocionado, amarrado à expressão daquele neto, filho, daquela mãe, a esse amor que ultrapassa a imagem, sobrevive para lá do tempo, dos tempos...

Como é fácil fazer a dita felicidade?

Como é fácil por um instante captar um sorriso, entrelaçar destinos, desatinados pedaços de vida...

Neste vídeo que encontrei pelo youtube, uma doença serve de mote para umas pinceladas de amor, esse incondicional que esborrata a tela, salta da moldura e preenche a vontade Humana.

Ali, na misturada emoção, reencontrei minha Mãe, que perdi há quase 10 anos, reencontrei o sentir por ente o carinho, pequenas partes desse carinho por vezes esquecido no quotidiano agitado de todos.

Que bela imagem...

Que extasiante exemplo.

A demência, doença que corrói a mente e alma daqueles que com ela convivem, é neste trecho esmagada pelo amor sublime, maior, e por um instante se torna irrelevante, superficialmente secundada pelo toque, pelo sorriso, pela Felicidade imensa que tantas vezes parece, absolutamente, inatingível. 

Simples...

Simplesmente sublime.

O amor não tem limites!

 

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

30
Jul19

Santana Lopes No "Maluco Beleza"!

Filipe Vaz Correia

 

Pedro Santana Lopes foi ao Podcast do Rui Unas, Maluco Beleza...

Ou seja nada mais apropriado, sendo o "enfant terrible" da política um grande "Maluco", com todo o respeito, assim como um grande apreciador da "beleza", com um respeito ainda maior.

Santana sentou-se durante quase duas horas naquele cenário, despido de receios ou artimanhas, respondendo ao seu interlocutor, assim como às perguntas do público, num encontro descontraído mas carregado de substância.

A vida pessoal, o percurso político, o novo partido ou até o "seu"  Sporting, tudo passou por aquele estúdio, por aquela agradável conversa.

Sinto ser minha obrigação fazer aqui um ponto de ordem, aliás julgo já o ter feito noutras páginas desta Caneca...

Sou de direita e durante a minha adolescência, aquele período Cavaquista que tanto me entusiasmou, era verdadeiramente Santana Lopes que me entusiasmava, movia parte da esperança dessa minha geração, num acreditar que me colava aos Congressos, às intervenções públicas carregadas de rebeldia e visão.

Era assim que me sentia, que crescia essa crença numa liderança Santanista.

Santana foi tanta coisa...

Presidente do"meu" Sporting, de Câmaras, comentador político e de futebol, tanto e tão pouco num turbilhão de emoções que acabariam por ditar as armadilhas de um destino que muitos auguravam brilhante.

Lentamente este jovem, que vos escreve, cresceu e a ingenuidade com aquele mundo Laranja se foi esboroando, com Cavaco, com aquele período e com o ídolo de outrora...

Pedro Santana Lopes!

A sua ida para o Governo, Primeiro-Ministro, a criança na incubadora, os familiares que queriam bater na mesma criança...

Enfim, tamanhos e entrelaçados erros acumulados ao longo do tempo e que acabaram por descredibilizar o político, sendo em grande medida, esses erros responsáveis pela imensa taxa de reprovação que ainda sustenta.

Mas não posso negar...

Santana esteve no Maluco Beleza como nos Congressos do PPD/PSD, aqueles Congressos do antigamente, com a mesma energia, a mesma desenvoltura, a mesma forma de nos amarrar à mensagem, seja ela política ou corriqueira, numa conversa que me trouxe momentos que pensava perdidos no passado.

Gostei...

Francamente foi um gosto imenso.

Este Santana poderá não vencer eleições, até por culpa própria, pela imagem de si construída, mas acrescenta à vida política, a essa Direita ausente do debate, da disputa pública.

Num mundo de Direita, preenchido por "eunucos", gente capaz de nada dizer sobre esse nada que os habita, Santana aporta um outro discurso, uma forma de agitar as águas sem receio de ir à luta.

Como ele mesmo definiu:

Este projecto, Aliança, é radicalmente moderado.

E assim caminha buscando ideias e gente nova, indo ao encontro das pessoas, as reais, que habitam para lá das paredes da Assembleia da República ou das "cortes" de Lisboa.

Gostei desmedidamente deste Maluco Beleza.

Perdão...

Deste, rejuvenescido, Pedro Santana Lopes.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

07
Fev18

So Yummy: A Minha Primeira Sobremesa!

Filipe Vaz Correia

 

 

Estou espantado com as maravilhas do Youtube e com a infinita possibilidade de aprender, de descobrir, de nos perdermos por entre pedaços de deslumbramento...

Deslumbramento positivo.

Adoro cozinhar, no entanto, os doces são o meu escondido receio...

Aquele medo maior, que não me atrevo a ultrapassar.

Ontem ao serão, a minha Sobrinha Matilde apresentou-me o So Yummy, um canal de Youtube pejado de receitas deliciosas de doces, num mundo de chocolate e gomas, de Marshmallows e frutas, de frutos e cores.

Nem queria acreditar...

Não queria acreditar naquele mundo a descobrir, naquela fantasia encantada em forma de doçaria, que acena e sorri, que nos abraça como se fosse possível sorrir ininterruptamente.

Prometi-lhe e arriscarei...

Vou ganhar coragem e atirar-me à minha primeira sobremesa.

Só falta saber o que fazer e como o fazer...

Mas para isso vou ao Youtube!

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

23
Jan18

Tide Pod Challenge!

Filipe Vaz Correia

 

Por mais que não me queira surpreender, não consigo...

"Tide Pod Challenge".

Este desafio que tem invadido as redes sociais, Youtube e Facebook, parece inacreditável, de tão imbecil, no entanto, reflecte a loucura inerente a tantos que aceitam qualquer coisa por um momento de fama...

Fazer um qualquer vídeo, por um punhado de likes.

O desafio tem por base, comer umas quantas cápsulas deste detergente, filmar e publicar nas redes sociais.

Quando vi o artigo que denunciava esta nova tendência virtual, não acreditei, por isso fui ver o vídeo da ABC, sobre o tema, para que a minha alma pudesse realizar tamanha estupidez.

Numa Era em que jogos de Auto-Mutilação viram moda, em que saltar de pontes ou atravessar Autoestradas é "cool", onde o estupidificante é aceitável por algumas visualizações, este jogo junta-se a esse reportório de estupidez que assola, infelizmente, muitos jovens.

A Empresa detentora da marca, viu-se obrigada a fazer publicidade alertando os jovens, para o facto de esta experiência além de ser proibida, ser extremamente perigosa...

Extremamente perigosa!

Assim, nesta espécie de desabafo, inacreditável expressão da minha alma, fico aguardando pela reacção tanto do Youtube como do Facebook, que mais do que nunca deverão questionar o seu papel e a sua influência neste mundo virtual.

Perante este pedaço de estupidez humana, fica apenas a pergunta que mais me ocorre ao escrever estas linhas:

Haverá algo mais estupido do que isto?

Eu diria que não...

Mas não sei!!!!!!

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Comentários recentes

  • Anónimo

    A seguir vem a fogueira e depois a guilhotina...

  • BC

    Sinceramente, não tenho assim tanta fé nesta minha...

  • Isa Nascimento

    Vivem num mundo conturbado, mas mantêm-se otimista...

  • Filipe Vaz Correia

    Minha querida MJP...Beijinhos

  • MJP

    Que assim seja, Filipe...Dia Feliz!Um beijinho

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Calendário

Setembro 2020

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D