Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Fernando Santos: O Melhor Seleccionador Do Mundo...

Filipe Vaz Correia, 27.11.19

 

Fernando Santos foi eleito o Melhor Seleccionador do Mundo de 2019, segundo a Federação Internacional de História e Estatística, IFFHS, traduzindo assim neste prémio o trabalho feito pelo Seleccionador Português.

Não considero Fernando Santos o melhor treinador do mundo, penso em Klopp, Guardiola, Mourinho, Simeone ou até Gallardo...

No entanto, não se pode deixar de notar que o trabalho de Fernando Santos na Selecção Portuguesa é absolutamente espectacular, não pelas suas exibições mas pelos troféus conquistados, ao serviço de um País que se encontra na segunda linha de candidatos a conquistas Europeias e Mundiais.

Claro que temos Cristiano Ronaldo, o melhor jogador de todos os tempos, na minha opinião, porém esse facto não apaga as diferenças entre a nossa equipe e todas aquelas que potencialmente figuram no primeiro patamar do futebol Mundial...

Alemanha, Brasil, França, Argentina ou Espanha.

Mesmo assim, desde 2014, Fernando Santos empreendeu um trabalho que nos levou à conquista de um Campeonato da Europa e uma Liga das Nações, num cenário impensável ou improvável em tempos idos.

Por tudo isto é mais do que merecido este reconhecimento para com o nosso Seleccionador Nacional, esse homem “carrancudo” que se esconde por trás de parcas palavras ou da sua inabalável fé.

Da minha parte, não sendo um admirador de primeira linha, resta-me reconhecer o trabalho e assinalar a justiça do prémio que lhe é atribuído.

Heróis do mar, nobre povo, nação valente e imortal...

Irá o Presidente Marcelo condecorar?

Parabéns, Fernando Santos!

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

 

 

 

O “Leão” Silas: Num Clube De Malucos!

Filipe Vaz Correia, 30.09.19

 

Meu querido Silas...

Sei que hoje farás o teu debute enquanto treinador do Sporting Clube de Portugal, a tua equipe de coração, somente conseguindo imaginar esse misto de emoção que deverá invadir aquele querer de menino, que um dia vestiu a camisola Leonina sob a batuta de Osvaldo Silva e César Nascimento.

Sei bem o que deves sentir, pois também eu, menino, vesti essa camisola, sonhei acordado em cada treino no velho pelado em frente à antiga porta 10 A, sob a batuta dos mesmos César Nascimento e Osvaldo Silva...

Pelas minhas contas uma época antes de ti, com a mesma determinação, esperança, querença e sentir Sportinguista.

Ambos fomos dispensados, tu continuando a explanar pelos relvados o talento que possuías e eu escrevendo nesta Caneca entrelaçada de Letras.

No entanto, meu querido Silas, serve este texto para te desejar o melhor enquanto treinador do “nosso” Sporting, nesse encruzilhado caminho cravado de incongruências...

”Um clube de malucos”! Disse Varandas.

Gostei imenso da tua primeira conferência como treinador do Sporting, logo ali, desnudando o discurso, ou a falta dele, desse rapazola que se intitula “Presidente” de todos nós.

Num instante, poucos segundos, desarmas-te um pensamento que bastaria, segundo o Status Quo, para confirmar a valia do trabalho dos que se encontram no poder, confirmando essa visão aterradora da esfera Leonina, assim como, do empenho de alguns em ratificarem a realidade que asseguram existir.

Incompetentes...

Certificando os seus erros, justificando os seus desmandos.

Meu querido Silas, desejo-te o melhor, esse pormaior que será sempre o melhor para todos os Sportinguistas, num rumo desafiador e pejado de contradições...

Saberás que não contas com nenhuma protecção desses que se arrogam como líderes, sobrando apenas os adeptos anónimos, aqueles que no meio do desespero saberão reconhecer a árdua missão que te foi confiada.

Boa sorte...

Que os Deuses Leoninos te protejam e saibam reconhecer a coragem de um seu adepto.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

Vaarwel Marcel Keizer

Filipe Vaz Correia, 03.09.19

 

Olha que boa noticia...

Marcel Keizer despediu-se ou foi despedido, mútuo acordo, numa separação que se saúda tendo em conta a impreparação deste personagem para o cargo que ocupava.

Quase um ano depois de ter tomado posse, Frederico Varandas vai para o 4º treinador do seu mandato, a caminho do 5º, assim que chegar a nova escolha do Senhor Presidente...

Um caminho, certamente, planeado e desenhado na excelência da estrutura existente no futebol Leonino.

Enfim...

O que importa é que Keizer já não é o treinador do SCP, deixando espaço para novas escolhas e um novo rumo.

Gosto bastante de Leonel Pontes, sabendo que dificilmente esta direcção lhe dará a devida oportunidade para crescer e fazer crescer estes jogadores, mesmo com um plantel desequilibrado, (im)preparado à luz de soluçantes decisões carregadas de um incompreensível desnorte.

Quanto a Keizer será justo agradecer os dois títulos conquistados, Taças da Liga e de Portugal, mesmo que no intimo da Nação Leonina se sinta que estes títulos estarão mais ligados à época de excelência de Bruno Fernandes do que à mestria de Keizer.

Quanto ao futuro...

Esperemos que Varandas possa acertar nesta escolha fundamental que se prepara para fazer, o 5º treinador desde que é Presidente do SCP, deixando bem claro que um novo falhanço terá de ditar o assumir de responsabilidades do mesmo Varandas, sem espaço para desculpas ou passados fantasmagóricos.

Para terminar, expressar o gosto imenso que senti ao ouvir as palavras de Benedito, João Benedito, mostrando que mesmo em silêncio, essa demonstração de responsabilidade e sabedoria, está atento ao que se passa em Alvalade e no “seu” Sporting.

Como lastimo que a escolha nas últimas eleições não tenha recaído sobre ele...

No entanto, o futuro está a chegar e o seu papel poderá e deverá ser de vital importância.

Voltando ao que importa:

Adeus Marcel Keizer...

Vaarwel Marcel Keizer!

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

Sporting: A Era Dos "Tótós" Emproados...

Filipe Vaz Correia, 14.02.19

 

Depois de um ataque terrorista, preparado num caldeirão de boçalidade, durante cinco longas épocas, vivemos nos dias que correm em Alvalade...

A Era dos "tótós" emproados.

Um grupo de meninos, bem compostos, com a gravata bem assente e palavras mansas, fundamentados na gritante incompetência que se pavoneia em cada gesto de um treinador.

Mas enfim...

Este grupo de "tótós" sabichões, conhecem o cheiro de balneário, tem cursos de treinador, outros nasceram na amálgama de frustrações das claques e nessa mistura amarraram o clube a este amargar de Alma que sufoca a esperança Leonina.

No caldo de cultura criado em Alvalade, pelo anterior Presidente Bruno Maduro, nasceu a oportunidade para uma certa franja subir ao poder, sem preparação, repletos de frases feitas, que seduziram muitos dos que não percebendo de "bola", votam e decidem os destinos do Clube.

O Sporting, fruto do seu esquizofrénico ADN, está à mercê deste tipo de suicídio, de projecto em projecto, de esperança em esperança, de desilusão em desilusão.

Varandas e os seus, perderam espaço de manobra, num Sporting fracturado, nem tanto pelo poder do anterior Presidente, mas essencialmente pela impreparação e incompetência, que me parece cada vez mais evidente.

No entanto, tenho a certeza que, por entre, a mediocridade sobrevivente no Reino do Leão, assistiremos aos apelos de unidade, às vozes impondo o silêncio, mesmo que caminhemos rumo ao abismo.

Dando tempo ao tempo, da tamanha mediocridade.

Foi assim com Bruno...

Será assim com Varandas.

Simplesmente, porque nenhum deles serve para o cargo.

Mas enfim...

Viva o Sporting.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

Eu Leão... Me Confesso!

Filipe Vaz Correia, 04.02.19

 

Perdemos 4 a 2 contra o Benfica...

Em Alvalade.

Dói a alma Leonina, a minha, querendo escrever sobre outra coisa, mas grita o lado poético, carregado de dor, talvez ardor, mas sempre amor...

Este amor que sendo Verde e Branco, está cada vez mais deprimido.

Varandas é incompetente, tão incompetente que foi contratar o treinador do Al-Jazira, com pompa e circunstância, como se fosse um qualquer Guardiola.

Será Keiser melhor do que Peseiro?

Na minha opinião, não.

Será melhor do que Tiago Fernandes?

Também não!

Será melhor do que o Paulinho?

Sinceramente...

Acho que não!

E será Varandas melhor que Keiser?

Acho que não...

E do que o Paulinho?

Talvez como roupeiro...

Mas como Presidente, preferia o "nosso" querido Paulinho.

Estamos em roda livre, na mão de incompetentes, caminhando desatinadamente rumo ao abismo.

Venha outro Treinador.

E já agora...

Outro Presidente.

Viva o Sporting

 

 

Filipe Vaz Correia