Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

30
Mai19

120 Milhões Por João Félix?

Filipe Vaz Correia

 

O defeso ainda agora começou e já se assiste a notícias em catadupa, loucos relatos em relação a alguns jogadores.

Um deles é João Félix, jovem jogador do Benfica que inunda as manchetes dos jornais com especulação variada e na maior parte dos casos, sem nexo.

Mas alguém poderá acreditar que algum clube pagará 120 Milhões por um jogador de 19 anos sem qualquer tipo de "gabarito" na alta roda do Futebol Mundial?

A sério?

Das duas uma...

Ou estas notícias serão completamente falaciosas ou o Clube que cometer tamanha loucura estará, certamente, carregado de incompetentes.

Na altura em que se fala na contratação de Éden Hazard pelo Real Madrid, por 100 Milhões, acreditar que alguém poderá despender 120 Milhões por João Félix não deverá passar de um assomo clubista com o intuito de valorizar o "produto".

Direi mais...

Este tipo de notícias prejudicarão em primeira instância o próprio João Félix, carregando este jovem jogador de uma pressão absolutamente desnecessária.

Não está em causa o valor do jogador que, importa salientar, acredito ter um futuro risonho.

Vejo em João Félix características únicas, muito similares ao "pequeno" João Vieira Pinto, não apenas na capacidade técnica mas também na capacidade de fazer golo, muito importante para a posição que ocupa.

Esperemos pelo desfecho de mais um defeso, acreditando seriamente que acima de 50 Milhões, tudo o que puder ser escrito, não passará de publicidade gratuita de carácter duvidoso.

E para isso basta ir a um quiosque e comprar A Bola ou o Record.

Enfim...

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

02
Ago17

Os Milhões De Neymar

Filipe Vaz Correia

 

Quando Diego Maradona se mudou para Nápoles, vindo precisamente do Barça, muitos escreveram que o mundo estaria louco e que ninguém valeria aquele valor:

Perto de 7 milhões de Euros.

Nada nem ninguém, algum dia valera tanto dinheiro no mundo do futebol, deixando boquiabertos rivais e adeptos, com aquela tamanha mudança no panorama das transferências.

Pouco tempo depois, chegava o Holandês voador a Milão, de mão dada com o novo milionário do futebol italiano, Silvio Berlusconi, numa transferência a rondar os 12 milhões de Euros e novamente exclamaram todos:

Os Deuses estão loucos!

Daí para cá, já todos sabemos a história, que culminou no verão passado na transferência de Paul Pogba, por cerca de 125 milhões de Euros.

Podemos discutir estes montantes de dinheiro, no patamar da moral, dessa suposta moralidade que certamente torna infame este tipo de valores, em oposição com a tamanha miséria encontrada em tantos pontos deste mundo...

No entanto, poderemos ver este problema, por outro prisma:

Vejamos então a transferência de Maradona, que chega a Nápoles, um clube recém-chegado à Serie A italiana, sem pergaminhos e que se atreve a contratar o melhor jogador do mundo...

A partir desse momento vence provas europeias e vários Scudettos, como nunca o fizera na sua história, tornando-se por momentos uma das equipas mais temidas, um dos principais clubes a vencer qualquer prova mundial.

Quanto dinheiro realizaram em publicidade e merchandising, os napolitanos após a chegada de Diego Maradona?

Quantas vezes se pagou "El Pibe"?

De lá para cá, na era pós Maradona, nunca mais o Nápoles voltou a este patamar, nunca mais venceram algo similar.

E Cristiano Ronaldo?

O jogador Lusitano chegou a Madrid por mais de 90 Milhões de Euros, vencendo após esse momento três Ligas dos Campeões e duas Ligas Espanholas entre outros títulos...

Pouca coisa?

Melhor que isto só no tempo de Di Stefano, há muitas décadas atrás e sem o valor comercial inerente a este novo Real Madrid.

Ronaldo trouxe consigo também do ponto de vista de Merchandising e contratos publicitários um valor incalculável, valorizando a marca Real Madrid e as receitas do clube.

Quantas vezes se pagou CR7?

Cheguemos então a Neymar...

O que determinará o sucesso da sua transferência, serão os títulos que conquistará na cidade da Luz, os títulos Europeus, bem entendido.

Se conquistar para o PSG, duas Champions League, se conseguir a isso aliar um par de bolas de Ouro, certamente arrastará atrás de si, o entusiasmo necessário em mercados emergentes para que esta transferência daqui a algum tempo, seja vista como um golpe de asa, da estrutura desportiva Parisiense e do seu proprietário.

Caso contrário será o maior fiasco da história...

Do ponto de vista moral será sempre possível recriminar este tipo de negócios, no entanto, para os adeptos do PSG o que lhes importará verdadeiramente, é saber se depois de a bola começar a rolar, Neymar mostrará ou não, ser capaz de reclamar esse cognome de melhor do mundo e se os ajudará ou não, a vencer,  esses títulos de sonho que insistentemente procuram...

E aí, tudo será apoiado, percebido e o mundo se renderá a mais uma galáctica contratação.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Posts mais comentados

Comentários recentes

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Calendário

Janeiro 2020

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D