Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

20
Out19

Sporting: O Momento De Escolher Um Caminho Diferente...

Filipe Vaz Correia

 

O tempo passa, passando de maneira exasperante, de verde e branco, de angustia e espanto, temor e pranto, nessa senda Leonina.

Tenho como certo que esta “liderança” Sportinguista tem os seus dias contados, extinguidos perante o desesperante grito dos adeptos fartos da incompetência reinante, do amadorismo que se instalou no “nosso” clube.

No entanto, cada vez que vejo nos jornais que esta direcção, falta dela, se prepara para executar um plano desportivo no mercado de inverno, pensando já na compra de um defesa central, mais me sobra a certeza de que importa gritar bem alto...

Não!

Não é possível...

Estamos em Outubro, início de época e já com esta temporada hipotecada tal o futebol praticado, ou seja, a ausência desse futebol entrelaçado numa equipa em frangalhos, desmotivada e carregada de péssimos jogadores.

E serão estes incompetentes a continuar a esbanjar o nosso dinheiro em jogadores de qualidade duvidosa ou medíocre?

Permitiremos?

Não pode ser...

Façam uma petição, uma manifestação ou uma rebelião, qualquer coisa, porém torna-se imprescindível retirar de Alvalade esta trupe que ameaça destruir, ainda mais, o que sobrou de um passado recente, já de si desesperador.

Não temos tempo...

O Sporting não tem tempo.

E já se percebeu que estes “soldados” não sairão por sua espontânea decisão...

Chegou o tempo de os Sportinguistas tomarem o destino em mão e escreverem um novo capitulo, uma nova história sem medo de errar.

Depois de um tiranete paranóico, um banana emproado.

Que ousemos escolher...

Um caminho diferente.

 

 

Filipe Vaz Correia

01
Mar19

Bruno De Carvalho: A Expulsão De Um Ditador...

Filipe Vaz Correia

 

Expulsaram Bruno de Carvalho de sócio do Sporting...

Ora que boa notícia.

Recebi esta boa nova, como aquele menino da escola que vê ser expulso do colégio, o rufião lá do sítio, aquele que aterroriza diariamente todos os que com ele se cruzam...

Assalta, intimida, chateia desmedidamente, como bom mal-criado que é.

Claro está que surgirão inúmeras "viúvas" desse "pequeno" ditador, ao estilo Neo Nazis, suspirando pelo seu Fuhrer.

Mas não me iludo, pois sei que o ruído à volta do tema e da personagem não diminuirá, talvez aconteça o contrário, devido ao exército de bouçais que continua a existir em Alvalade.

Não só os denominados Brunistas, infelizmente, muitos desses bouçais, são somente intitulados de Sportinguistas.

O caminho carece de ser palmilhado, percorrido com coragem e liderança, sendo neste último item, que se encontra o calcanhar de Aquiles do actual Presidente Leonino.

A tão ansiada capacidade de Liderança.

Mas hoje é dia de festa...

Dia de festa, para todos aqueles que amando o Sporting, querem resgatar o Clube das trevas vividas durante meia década, às mãos de um déspota "Venezuelano", capaz de conspurcar a História desta Grande Instituição, com a sua reles pequenez.

Expulsaram o menino Bruninho e seu Priminho, faltando agora expulsar umas centenas de meninos das "Claques".

Perdão...

Dos Gangs como me parece mais apropriado designar.

Viva o Sporting.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

02
Jun18

Segunda-Feira: Dia Do Adepto Leonino...

Filipe Vaz Correia

 

Segunda-Feira deverá ser um dia muito importante na História do Sporting...

Um encontro de adeptos à volta do Estádio de Alvalade, exigindo a demissão de Bruno de Carvalho, numa tentativa de salvar este Clube que tanto amamos.

Depois dos últimos desenvolvimentos, rescisão de jogadores à mistura, não resta tempo a perder diante da prepotência e alheamento demonstrados pelo jovem ditador.

Bruno e seus colegas de direcção preparam-se para tentar controlar a vida do Sporting, num tresloucado acto de sobrevivência, competindo assim a todos nós, adeptos e sócios, fazer ouvir a nossa voz...

Não poderemos ficar em casa, nem delegar a pacificação da vida do nosso Sporting, na consciência de alguém desprovido de tal caracteristica.

Teremos de gritar...

De unir as nossas vozes e em uníssono gritar bem alto a nossa revolta, este nosso amor que é verde e branco...

Demissão já!

Não podem restar duvidas, não pode ficar uma réstia de interrogação nas almas bacocas daqueles que dirigem os destinos do Sporting.

Quem não puder se deslocar a Alvalade, que marque um ponto de referência na sua terra, que incite os seus amigos a sair à rua, que se agrupem como se todos fossemos um só...

Um só Leão.

Pelas 20h00 desta Segunda-Feira todos aqueles que quiserem lutar pelo futuro do Sporting, deverão comparecer junto ao Edifício Visconde de Alvalade, sem medo ou receio de dizer basta...

Basta!

Se todos o fizermos, estaremos mais perto de resgatar o nosso clube das mãos deste déspota, demonstrando ao mundo que ninguém poderá travar a vontade de mais de 3.5 Milhões de pessoas.

Viva o Sporting

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

 

18
Fev18

Sporting: Venceu O Populismo!

Filipe Vaz Correia

 

Bruno de Carvalho venceu, em toda a linha, a Assembleia Geral do Sporting, tendo conseguido a aprovação dos três pontos por ele exigidos, com números a rondar os 90%...

Uma vitória inegável.

Os Sócios Leoninos que se deslocaram ao Pavilhão João Rocha, decidiram aprovar a forma e o estilo, a governação e o seus desmandos.

Aprovaram tudo, não se podendo mais desresponsabilizar deste caminho.

Numa Era Brunista, assistimos hoje a um repetir de outras intervenções, por parte do Presidente, incendiando o ambiente, acentuando clivagens, buscando inimigos para ostracizar...

Desde Carlos Severino a Rogério Alves, passando pela família Rocha, os filhos deste, com particular atenção para Maggie Rocha.

Não só, este discurso, me pareceu estúpido como até incompreensível, porém nada surpreendente para a personagem paranóica do Presidente do Sporting.

O que Bruno Carvalho tentou e conseguiu fazer, foi criar um cenário de perseguição, aliás visível na tentativa de agressão a Carlos Severino, que teve de sair escoltado pela PSP, perseguido por Sócios Leoninos.

Uma tristeza...

Uma vergonha.

Mas é frequente nestes regimes absolutistas, dirigidos por ditadores bacocos, centrados no seu umbigo e acompanhado ordenadamente por um rebanho de seguidores.

O Sporting e a maioria dos seus Sócios, aprovaram todos os pontos exigidos pelo seu "Querido Líder", afunilando a alma democrática e entregando-se aos desmandos de um singelo demagogo.

Bruno definiu-se como um populista, talvez a única vez em que estive de acordo com ele, apenas divergindo no interpretativo significado que decidiu dar à palavra.

Bruno é populista e isso para mim não é um elogio.

Estou triste...

Tristemente preocupado com o futuro do Sporting, deste meu Sporting perdido, por entre estes tiques autoritários carregados de brejeirice.

As tentativas de agressão a Carlos Severino e aos Jornalistas que cobriam a A.G., não podem ser dissociadas das palavras incendiárias de Bruno de Carvalho...

Das constantes palavras de confronto.

O futuro será assim, certamente, mais difícil para aqueles que corajosamente fazem o favor de pensar pela sua cabeça, de se levantar sem temer, de dizer sem pedir licença.

Nunca gostei particularmente de Carlos Severino, nunca o considerei com perfil para Presidente, no entanto, a coragem demonstrada nesta A.G., tendo comparecido, mesmo sabendo o que lhe esperava, merece de mim uma sincera admiração.

O Sporting está transformado numa pequena ditadura, com votações condizentes com esses Países e Regimes, repletos de uivos ensurdecedores em honra do seu iluminado Líder.

Bruno venceu, para regozijo do seu ego...

Mas talvez tenha perdido o Sporting e a sua nobre História.

E agora todos a sair das televisões...

E nós, Adeptos e Sócios, nada de jornais desportivos ou Correio Da Manhã, apenas a Sporting TV.

Como sabe bem, a nova "Liberdade" Leonina! 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

 

04
Fev18

As Diabruras Do Menino Bruno!

Filipe Vaz Correia

 

A Assembleia Geral do Sporting Clube de Portugal, foi interrompida, tendo por base o abandono do seu Concelho Directivo, por iniciativa do seu Presidente, deixando no ar a ameaça de demissão...

Tudo isto porque os Sócios, alguns, se manifestaram contra alguns pontos apresentados, tendo em vista a alteração dos Estatutos do Clube.

Esta atitude de Bruno de Carvalho, "pequeno líder", após um discurso inflamado, carregado de pérolas alucinadas, saídas de um tirânico guião, não surpreendem aqueles que ao longo do tempo, foram notando os crescentes tiques ditatoriais deste déspota desportivo.

Bruno é o reflexo dos tempos modernos, deste tipo de populismo que chega durante momentos conturbados, apontando a esperança como solução e a mesma como redenção para todos os obstáculos...

Essa esperança, com o tempo transforma-se em si mesmo, ou seja, na própria personagem que se alimenta desse  tipo de culto de personalidade, até ao ponto em que acredita mesmo ser apenas ele a solução.

Assim o seu ego mistura-se com o cargo, seja Presidente de um Clube ou de um País, alicerçado num regime cada vez mais silenciador, castrador e intolerante.

Se a alteração de Estatutos do Sporting Clube de Portugal fosse para a frente, provavelmente isso ditaria o fim da pluralidade no Clube, não que ela vá de boa saúde, no entanto, como ontem ficou demonstrado, ainda é possível contrariar o "pequeno líder".

Os Sócios surpreenderam o Presidente Bruno, disseram que não e logo este tratou de ameaçar com a demissão, criando assim o próprio Presidente, a instabilidade que tanto criticava.

Certamente que não se demitirá, pois não creio que encontre outro emprego tão bem remunerado, tendo em conta o seu Curriculum.

Esta ameaça deverá dar-lhe tempo para criar drama, pensando numa alternativa para contornar esta situação e controlar completamente o Clube.

Este caso fez-me lembrar, o referendo marcado por Hugo Chavez para se eternizar no poder...

Derrotado pelo povo, tratou de o vencer no Supremo Tribunal.

Bruno também tentará encontrar uma solução...

E infelizmente temo que a encontre.

No entanto, Bruno nem sequer é Hugo Chavez...

É apenas Maduro.

Para terminar, referir apenas que ter Jaime Marta Soares como Presidente da Assembleia Geral do Sporting Clube de Portugal, é uma ofensa para tantos e tantos distintos nomes que ocuparam aquele cargo...

Miguel Galvão Teles ou Rogério Alves são apenas dois entre tantos nomes.

Que desgraça, que tristeza.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Comentários recentes

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Calendário

Dezembro 2019

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D