Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Máscaras... Os Novos Diamantes!

Filipe Vaz Correia, 12.04.20

 

Jantares por Whatsapp, palavras ao longe, distância de segurança, pedaços de lembrança que servem de abrigo.

Tudo mudará...

Nada será igual.

Ainda hoje estive na fila para a farmácia, a Farmácia Algarve, onde comprei álcool Gel a 18 Euros...

Já as máscaras...

O que dizer das máscaras?

Por cada máscara, não a caixa, pediram-me 10 Euros...

Exactamente, 9.80 Euros.

Por cada máscara?

Sim, por cada máscara.

Quando atirei que achava uma "roubalheira" o preço pedido por máscara, a menina que me atendeu, simpática e prestativa, retorquiu:

- "Olhe que já vi pedirem mais por aí!"

Fiquei feliz pois a menina não negou o "roubo", apenas indicou que outros "roubavam" mais.

Enfim...

Os tempos que correm, os dias que nos chegam.

Não pude deixar de partilhar esta curiosidade...

Está espécie de irritação em tempos de Pandemia.

Estou a pensar ir ao banco para pedir um empréstimo, de prevenção, para o caso de ser obrigatório usar máscaras e ter de assegurar o abastecimento, cá para casa.

Para terminar, não se esqueçam de às 18h00 sintonizar o canal de Youtube de Andrea Bocelli, que irá actuar em solo na Catedral de Duomo, em Milão.

Acho que é gratuito...

Já as máscaras?

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

A “Infame” Perseguição À “Princesa” De Angola...

Filipe Vaz Correia, 20.01.20

 

Parece que, agora, o mundo todo se reuniu para tramar a Srª Isabel dos Santos...

De Luanda a Lisboa, de Lisboa até ao Mónaco.

Isto de facto quando se junta um conjunto de malfeitores, capazes das maiores ignomínias, de calúnias infames, para destruir a imagem impoluta de uma família, sabemos estar diante do fim do mundo.

O que se está a passar com a "querida" Belinha, perseguida em seus bens, nos holofotes da opinião pública, faz enternecer de pena este vosso escrevinhador...

Como pode acontecer, a tão nobre figura, tamanha campanha de maledicência?

Já não chegam os editoriais do Jornal de Angola, nem a sua polícia política, nem mesmo esse medo reinante em cada esquina de Luanda, no antigo regime, para agora se virarem todos a chamar de ladra a antiga princesa do regime...

Já não existe pudor?

O seu marido vem carpir na praça pública as amarguras de sua mulher...

Que belo...

Cristão...

Entre mafiosos, por vezes, as purgas são violentas, violentamente  desnudadas, deixando à saciedade a podridão das suas práticas, dos seus costumes, das suas maneiras.

Isabel dos Santos é apenas isso...

Uma vilã, do mais baixo nível, embrulhada em milhões, de milhões, de dólares manchados de sangue...

Sangue Angolano, Português e de muitos mais, sem nome ou memória.

Que continue a purga...

Pois, neste caso, é bem merecida.

 

Filipe  Vaz  Correia

 

 

 

 

 

 

 

O Futebol Português Está Podre...

Filipe Vaz Correia, 26.03.19

 

Quero, antes de mais, pedir desculpa a todos os Canequianos por escrever sobre o futebol Português...

Pois isto cheira mal demais, há muito tempo, mas nunca como neste dia.

O futebol Português está podre, sobre isso não tenho dúvidas, no entanto, acima de tudo não consigo compreender como certas pessoas e Instituições continuam impunes diante desta Justiça Portuguesa...

Esta "incerta" Justiça Portuguesa.

O vídeo de hoje, feito por Vitor Catão, grita ao desespero esta espécie de podridão que se eleva, por entre, os relvados Portugueses, numa mistura de corrupção, ameaças de morte e compadrios.

Ana Gomes, por estes dias, catalogou o Presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, de alguém com um passado ligado à delinquência, o que motivou ameaças de processos em tribunal, por parte de Vieira e do clube.

Nunca imaginei estar sentado do mesmo lado de Ana Gomes...

Pois aqui estou.

Observando a discussão entre Boaventura e Catão, não deverão restar dúvidas, sobre o duvidoso carácter deste estranho circulo que rodeia Vieira.

Sempre ele...

Basta nos recordarmos de José Veiga, de Paulo Gonçalves, do motorista da porta 18 ou actualmente do "querido" Boaventura e o seu Catão.

Já não vou falar sobre os casos BPN ou BES, assim como, das centenas de Milhões de Euros em questão...

O que nos sobra é uma profunda estupefacção sobre este tipo de Justiça, por um lado tão cega, e ao mesmo tempo tão intensamente estranha.

O futebol Português está podre mas a Justiça Portuguesa não deverá estar em melhor estado, se não conseguir apurar todas estas gravíssimas suposições e responsabilidades.

São casos a mais, sempre com os mesmos, sobre os mesmos, indiciando os mesmos.

Enfim...

O que importa a bola ou o talento?

Se isto é uma profunda roubalheira.

 

 

Filipe Vaz Coreia

 

 

 

700 Mil Aldrabices No Reino Do Leão...

Filipe Vaz Correia, 09.10.18

 

Parece que a auditoria realizada no Sporting encontrou, até agora, um buraco de 700 mil Euros relativos a despesas com Scouting e Empresários, desconfiando-se que esse dinheiro possa ter ido parar a contas do antigo Presidente do Clube de Alvalade.

Parece mentira...

A imprensa adianta mesmo que não foram encontrados relatórios desse Scouting, nem nenhum jogador potencializado na equipa principal.

Ora bem...

E depois?

Não considero sequer isto um caso, acreditando que a explicação para este equivoco é de uma simplicidade factual...

Não foram feitos relatórios desses movimentos de Scouting?

Pois não!

O que se poderia escrever sobre Naby Saar, Mauricio, Ryan Gauld, Shikabala, Montero, Dramé, Petrovic, Viviano, Barcos, Sahko, Leonardo Ruiz, Jonathan Silva, Jatobá, Marcos Túlio, Tanaka, Matheus Oliveira e etc...

Nada de relevante a não ser um silencioso arrepio.

Assim, não estranho a ausência de qualquer relatório sobre este tipo de Atletas pois só desta forma se poderia comprar jogadores deste calibre.

E ainda não devem ter chegado ao Alan Ruiz...

Nesse caso nem relatório, nem quadro psiquiátrico, nem cadastro criminal e muito menos aconselhamento nutricional.

Enfim...

Este passado Leonino estará repleto de incompetência e aldrabice mas só se enganou quem quis.

No presente, continuamos iludidos mas desta vez, graças a Deus, num cenário mais polido, contido, recatado...

Mas quanto à competência?

É melhor continuar sem escrever para não atrapalhar a unidade no Reino do Leão.

No "meu" Sporting.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

Lisboa: Milagres, Roubos, Turistas e Afins...

Filipe Vaz Correia, 26.09.18

 

Sentado numa esplanada, no Areeiro, bebendo um café e uma água, como habitualmente, assisto a verdadeiros milagres que deixariam o mais descrente a questionar a sua perplexa perplexidade.

Parece ser ali que dezenas de Romenos e Romenas, estilo quadrilha, se reagrupam depois de um dia de "trabalho"...

Trabalho?

Coxos que subitamente trazem a muleta às costas, cegos que supostamente começam a ver, pernetas que num desconcertante momento recuperam as suas pernas, repetidos "milagres" que estranhamente não são estudados.

Nos dias seguintes se repetem as "enfermidades" e as respectivas "curas".

É caso para expressar a minha incredibilidade...

À mistura todos os dias parecem chegar novos telemóveis, carteiras e afins, provavelmente resultantes dos "peditórios" feitos por esta Fashion Lisboa que acolhe este tipo de gente.

Assim, recordei-me de um episódio do Toda a Verdade, reportagem da BBC em Paris, denunciando uma rede de ladrões que operava na Europa e que estava sediada na Capital Parisiense...

Parece que com a entrada da Capital Portuguesa no roteiro turístico mundial, se deslocaram para cá outro tipo de "investidores".

Enfim...

 

 

Filipe Vaz Correia