Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

25
Jan19

O Fim Da Quadratura... Só Na Sic Notícias!

Filipe Vaz Correia

 

Foi mesmo o fim da Quadratura do Círculo...

Na SIC Notícias.

Num texto breve, brevemente notar a classe com que findou este programa, no mesmo canal onde foi emitido, durante os últimos 15 anos.

Um poema, escrito por um anónimo...

"Ai o velho gato da Pérsia."

E uma frase:

"Enquanto existir vontade de debater, os nossos debates hão-de continuar."

Foi com esta frase que Carlos Andrade fechou o programa, a Quadratura do Circulo, caminhando discretamente para um reencontro, com todos aqueles que seguem com carinho e admiração, este "velho" programa.

Num outro canal, mas com a mesma qualidade e classe.

Até lá, Quadratura do Círculo.

 

Filipe Vaz Correia

 

 

18
Jan19

Quadratura do Círculo: O Fim De Uma Era...

Filipe Vaz Correia

 

Sinceramente faltam-me as palavras para descrever uma certa tristeza que me invade.

Uma espécie de encerrar de um ciclo, neste caso, de gosto imenso partilhado através daquelas opiniões, aquelas pessoas e a sua tamanha qualidade.

Uma década e meia a esperar pelas Quintas-Feiras, às 23 horas...

O mundo vai avançando, o tempo televisivo parece estar a mudar, cedendo a qualidade em detrimento de apontamentos discutíveis.

A SIC Notícias vai acabar com a Quadratura do Círculo, o meu programa de debate político, aquele programa que me fazia "ganhar" tempo, acrescentar opinião, respeitando na convergência, na divergência, nessa dimensão maior de um excelente programa.

A Quadratura do Círculo foi, desculpem, é um produto refinadamente espectacular, sem direito a gritos ou cambalhotas, populismos ou palhaçadas.

Ali discute-se respeitando, debate-se mantendo um toque de cordialidade, educa-se educadamente.

De facto, um "modus operandis" ultrapassado, numa Era onde se busca a artificialidade de opinião.

Provavelmente daqui para a frente, teremos a essa hora, um novo programa de política ou de futebol, se calhar uma mistura dos dois, moderado pela Cristina Ferreira, com a Manuela Moura Guedes, o Cláudio Ramos, um destes concorrentes dos "Casados de Fresco" ou de um outro Reality Show qualquer...

Juntam-se todos, a SIC vai buscar a Ana Leal e está garantida a audiência.

Porque já não interessa a qualidade, apenas a poeira...

A mediática poeira da mediocridade.

Até sempre Quadratura do Círculo...

A "minha" Quadratura.

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

 

 

18
Set17

A Quadratura Do Círculo De Mário Centeno!

Filipe Vaz Correia

 

Mário Centeno prometeu esta noite um desagravamento fiscal para todos os contribuintes Portugueses, neste próximo Orçamento, que se avizinha uma espécie de batalha num cenário conflituoso, de uma negociação improvável.

Muitos afirmam que este será o mais complicado de todos os Orçamentos, acredito que sim, afirmam ainda que este será o verdadeiro teste a Centeno...

Tenho a certeza de que será.

O trajecto económico Português está longe de ser brilhante, apesar da euforia evidente em certos sectores da Geringonça, e por essa razão, torna-se extremamente fundamental a posição intransigente do actual Ministro das Finanças.

Centeno foi desde o inicio da Legislatura um dos elos mais fracos deste Governo, enlaçado por entre polémicas da CGD ou mesmo por declarações infelizes, no entanto, com o passar do tempo, com os resultados da economia, este Ministro improvável transformou-se num dos pontos mais sólidos e consolidados da famosa Geringonça.

Mário Centeno enfrentará neste Orçamento o desafio maior, a quadratura do circulo de satisfazer os parceiros de Governo, sem que se aniquile o rigor que tantas e tantas vezes, lhe granjearam elogios.

Portugal virou a página da Austeridade, esteja ou não a mesma ainda presente, mas certamente voltará a essa realidade se numa primeira oportunidade, se deitar pela janela todo o esforço conquistado ao longo dos anos.

Acredito que Centeno sabe disso, tem consciência deste pormenor e que lutará contra o BE, o PCP e parte do PS, para manter as regras Orçamentais que nos guiaram até aqui...

Chamem-lhe cativações ou outra coisa qualquer, sem rigor nas contas, jamais existirá crescimento e sem uma percepção de justiça social, jamais existirá a essencial paz social.

Aqui está a quadratura do círculo de Mário Centeno.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Comentários recentes

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Calendário

Janeiro 2020

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D