Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

03
Ago18

Um "Rio" De Invisibilidade...

Filipe Vaz Correia

 

Rui Rio esteve no Chão da Lagoa, mítica festa de verão do PPD/PSD, onde disparou esta frase:

" Até aqui não estava preparado para ser Primeiro-Ministro, pois ainda não tinha vindo ao Chão da Lagoa, agora sinto-me mais do que preparado, pois já aqui estive."

Mais ou menos estas as palavras, certamente esta a ideia...

Sempre gostei de Rio, apoiei a sua eleição para Presidente do PPD/PSD, por achar que seria o perfil indicado, apesar de saber das dificuldades que poderia encontrar, num Partido controlado em grande medida, pelos apoiantes de Pedro Passos Coelho e seus "boys".

No entanto, tem sido pouco...

Muito pouco o que temos visto de Rui Rio.

E assim, aliando frases como esta ao seu percurso enquanto líder, irá tornar-se impossível a afirmação da sua liderança, quanto mais com a quantidade de "Montenegros" à espreita.

Perdão...

De adversários sedentos de um passado que passou, mas que estes desejam retomar os "Passos".

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

16
Jan18

Hugo Soares, Ainda É Líder Parlamentar?

Filipe Vaz Correia

 

Hugo Soares, líder da bancada Parlamentar do PSD, continua sem colocar o seu lugar à disposição do novo Presidente do Partido, seguindo um caminho oposto daquele percorrido pelos seus Vice-Presidentes de bancada.

Não me surpreende, tendo em conta o perfil da personagem, um daqueles políticos que percorreram os passos obrigatórios, para subir na hierarquia aparelhista Social-Democrata.

Muitas pessoas gritam aos ventos a sua indignação, por esta atitude de Hugo Soares, outras, poucas, clamam que mudar a liderança poderá criar clivagens dentro do Partido, no entanto, parece-me, como aliás aqui anteriormente escrevi, que é neste tipo de dilemas que Rio terá a oportunidade de começar a recuperar o PSD...

É combatendo este tipo de atitudes, hábitos, interesses partidários, que Rui Rio demonstrará à saciedade a sua diferença, para o que infelizmente, nos habituou o PSD.

Hugo Soares permanecerá neste misto de pequenez e desfaçatez, num acto desesperado, na tentativa de permanecer no seu lugar.

Este tipo de personagens, "boys", não têm capacidade de auto-avaliação, nem vergonha nas atitudes ou gestos, habituados que foram a sobreviver por entre lama e pântanos, sem espinha vertebral ou palavra.

Assim uma pergunta se impõe:

Até quando, Hugo?

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

14
Jan18

PSD: Um Rio De Esperança...

Filipe Vaz Correia

 

Rui Rio venceu as eleições no PPD/PSD...

Um resultado para muitos inesperado, fazendo fé nas sondagens que amiúde iam apontando Santana Lopes como o mais provável vencedor.

Rio conseguiu vencer, mesmo por vezes perdido, por entre as artimanhas populistas de Santana, por entre os fait-divers inerentes àquela forma de fazer política, vazia, ao sabor dos temas mediáticos e de sound bytes.

No entanto, os militantes do PSD disseram basta a um período, que certamente destruiu o partido, a sua base votante, aqueles que sempre ali estiveram...

Rio introduz um novo rumo ideológico, recentrando o partido, aporta seriedade e credibilidade, recupera o olhar de muitos que com a anterior liderança se afastaram.

Rui Rio começará agora o caminho, difícil, de preparar o PSD para a batalha eleitoral no País, não podendo perder tempo, pois a desvantagem é neste momento tremenda.

A sua liderança terá de se impor, aos muitos que instalados no aparelho tudo farão para lhe armadilhar o caminho, numa tentativa de resgatar o poder, depois de legislativas.

Esses mesmos, que sentados se encontram no Parlamento, constituindo um grupo Parlamentar medíocre, talvez mesmo, o mais medíocre de toda a História do PSD.

Essas pessoas, serão as primeiras a sorrir, caso Rio fracasse, e por isso mesmo, deverá ser por eles que Rio comece a liderar...

Deixando claro o novo tempo no partido, e limpando todos os que queiram permanecer nesta teia de interesses, sem mérito ou qualidade.

Tenho a certeza que Rio trará esperança a todos aqueles, como eu, que ansiavam por uma alternativa para o País, um novo rumo alternativo à Geringonça.

Um novo Rio, uma nova esperança, um regresso ao velhinho PSD...

Que saudades tinha, do meu PSD.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Posts mais comentados

Comentários recentes

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Calendário

Agosto 2019

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D