Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Quem Acorda O PCP?

22.02.22, Filipe Vaz Correia
      O PCP veio esta sexta-feira emitir uma opinião sobre o conflito na Ucrânia. O Partido mostra a sua solidariedade para com as populações Russófonas de Donbass e alerta para o perigo de confrontação perpetrado pela Nato e os EUA contra Moscovo. Observando atentamente este comunicado Comunista poderemos retirar dele que o PCP não percebeu mesmo o tempo onde se encontra, nem o significado dos seus contínuos fracassos eleitorais, de Autárquicas a Europeias, passando (...)

A Estafadeira Do “Omnipresente” João Ferreira...

30.03.21, Filipe Vaz Correia
          Meus queridos amigos venho aqui escrever este breve texto para manifestar a minha preocupação com esse centenário Partido que é o PCP. Ao longo do tempo se foi falando da diminuição dos militantes e votantes Comunistas, coisa que apesar de ser notada me parecia manifestamente exagerada, no entanto, tenho de aqui vir anotar que essa realidade parece cada vez mais correcta. Pois que outra explicação poderemos nós encontrar para a oficialização de João Ferreira (...)

PCP... "Os Diários De Uma (IN)Sensatez!"

01.09.20, Filipe Vaz Correia
        A falta de pudor invadiu a política Portuguesa, talvez não só a política Portuguesa mas isso não vem aqui para o caso, neste final de Verão em tempo de Pandemia. A Festa do Avante vai mesmo para a frente com a conivência da DGS e do Governo que se presta ao papel de mero espectador nos desmandos do PCP. Uma vergonha. Depois de todas as medidas que constrangem os cidadãos, (empresários, trabalhadores), temos o desprazer de ter de assistir a esta demonstração de (...)

Na “Ilha” De Centeno...

18.12.19, Filipe Vaz Correia
  Mais um Orçamento apresentado por Mário Centeno, o quinto se não estou em erro, num caminho de política Orçamental que parece estar a dar imensa discussão, dentro e fora do espectro do Governo. Gosto de Mário Centeno, gosto imenso, o que tendo em conta se tratar de um Ministro das Finanças Socialista, e sendo eu um Conservador de Direita, poderia parecer um contra-senso... Mas não creio que o seja. Na minha opinião, Centeno nada tem de Socialista, nada... Aliás (...)

António Costa E As Capelinhas Do “Amor”...

10.10.19, Filipe Vaz Correia
As capelinhas do Mestre Costa... Assim anda o “simpático” Costa, de partido em partido, da sua esquerda, tentando encontrar aliados para enfrentar mais uma legislatura. Por mais que digam que não assinam papel, estes partidos sabem que ganharão ou pelo menos não perderão estando à sombra do poder que tanto contestam e assim depois do “namoro” Socialista, lá se encontrarão, com compromisso formal ou união de facto, para esse “amor” entrelaçado. O Bloco tudo faz para (...)

Os Debates Já Começaram?

13.09.19, Filipe Vaz Correia
  Tenho andado distraído, em relação aos debates eleitorais, não por falta de vontade mas sim por uma sonolência irritante que se acomete da minha pessoa, sempre que insisto em ver estas pelejas políticas. Debates serenos e mornos, enfadonhos e tristonhos, carregados de uma lentidão argumentativa nessa ausência total de argumentos. Os sorrisos disfarçados, os programas mal elaborados, a noção de um resultado pré-determinado, neste autêntico passeio de António Costa... Mo (...)

Radicais, Absolutamente, Livres!

18.06.19, Filipe Vaz Correia
  Existem momentos ou situações que não conseguem ser descritos na sua plenitude, muito menos pormenorizados, pelo significado que têm, pela beleza que assumem... É assim na amizade, nesse amor fraterno chamado amizade. O texto de Jaime Nogueira Pinto em homenagem a Rúben de Carvalho é apenas um pequeno pedaço desse momento, de uma bela amizade forjada na diferença, nessa gigantesca diferença capaz de encurtar divergências, de ligar pólos opostos. Um Comunista e um (...)

Eleições Europeias: A Hora Do PAN!

27.05.19, Filipe Vaz Correia
  A noite eleitoral chegou e com ela trouxe algumas vitórias reais, outras imaginárias, meio disfarçadas por entre derrotas descaradas. O PS clamou vitória, onde há cinco anos Costa exclamava "poucochinho", com uma diferença de apenas 2%. O PSD gritou para Rio seguir em frente pois aquela era a sua gente, só que nunca foram tão poucas as gentes, tão solitariamente poucas. O PCP taciturno, de rosto fechado, quase que vislumbrando nesse futuro "legislativo" uma tragédia (...)

Venezuela: Os "Sapos" Da Geringonça...

10.01.19, Filipe Vaz Correia
  Portugal não estará representado na Tomada de Posse de Nicolas Maduro, como Presidente da Venezuela. Bastaria o argumento, do dito"senhor" ser um déspota de estirpe comprovada, líder de uma ditadura Bolivariana... Mas acrescenta-se, ainda, o facto de as eleições de Maio de 2018, não terem sido reconhecidas pela Comunidade Internacional, sobrando indícios fraudulentos que denunciam os desmandos ocorridos, naquele País da América do Sul. Não poderia estar mais de acordo, (...)