Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

05
Nov19

Rosto

Filipe Vaz Correia

 

Já me perdi;

Vezes sem conta,

Nessa estrada imaginada,

Vezes sem conta,

Cantando a desencantada,

Voz da alma...

 

Já me esqueci;

Vezes sem conta,

Desse sorriso de outrora,

Vezes sem conta,

Perdido nesse agora,

Que tarda em chegar...

 

Já me feri;

Vezes sem conta,

Nas entrelaçadas memórias,

Vezes sem conta,

Em cada pedaço dessa história,

Que imaginei nossa...

 

Já se apagou a luz;

Intermitente luz de um poema,

Singelamente discreto,

Imponentemente dilema,

Dessa parte que é deserto,

E que não voltará a nascer...

 

Mas se um dia aqui regressar;

Neste tempo, momento,

Numa janela de futuro,

Revisitando o passado,

Saberei reescrever,

Cada leve traço,

Do “nosso” rosto.

 

 

 

21
Out17

Passado...

Filipe Vaz Correia

 

 

 

Será que posso revelar;

O que esconde o meu coração?

 

O que esconde a emoção;

Desbravando inquieto,

O carregado semblante,

Desse receio, entrelaçado,

Esse medo, aprisionado,

Em cada lágrima nossa...

 

Em cada memória;

Guardada em nós,

Pedaço de história,

Cravado na pele,

No sentido destino,

Da alegórica alma...

 

E vai continuando;

A louca melodia,

O deslumbrante pensamento,

Do que foi um dia,

Esse nosso amor.

 

 

14
Fev17

Passado!

Filipe Vaz Correia

 

Tantas diferenças nessa estrada;

Tantas incógnitas, desmentidas,

Tantas palavras amarguradas,

Nunca faladas,

Nunca ditas...

 

Tantos olhares, desencontrados;

Tantos momentos fugidos,

Tantos laços acorrentados,

A um sentimento temido...

 

Orgulho preso nesse passado;

Raiva, cheia de comoção,

Um amor desperdiçado,

Sem pudor ou razão...

 

Sobra esta dor, esse temor;

Essa inválida barreira,

O que restou, desse amor,

Nessa terra sem bandeira...

 

Perto de ti, nos teus braços;

Que se perderam, noutra vida,

Na distância desses abraços,

Que se tornaram, uma mentira...

 

Um dia talvez me possa arrepender;

Das palavras que ficaram por dizer,

Das imagens que me esforço por esquecer,

Por entre as memórias,

Do meu passado!

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Posts mais comentados

Comentários recentes

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts recentes

Pesquisar

Calendário

Dezembro 2019

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D