Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Tony Carreira: A Dor De Um Pai...

Filipe Vaz Correia, 18.05.21

 

 

 

87A9F1F0-C2E7-4CA1-BF19-3CBE7C09CB86.jpeg

 

 

Existem dias que parecem pontiagudos, setas apontadas ao coração, facas de gume afiado, demasiadamente cortante para a pequena compreensão Humana.

Assisti à entrevista que Tony Carreira deu ao Manuel Luís Goucha, após o Jornal da Noite da TVI, um momento de absoluta tristeza, arrepiante em cada palavra, em cada pedaço da inimaginável dimensão daquela dor.

Não consegui não assistir, empurrado por uma sensação de comunhão, de partilha com aquele homem que se apresentava perante todos para levar a cabo algo maior...

A Associação que terá o nome da sua filha, ou seja, o que restou de significado para a sua vida.

Não consigo imaginar a dor deste homem, o alcance do vazio que dentro dele deve habitar, mas consigo sentir uma tremenda compaixão e empatia para com ele, para com as suas lágrimas, para com o seu esvaziado olhar.

Ao assistir à sua entrevista, magistralmente guiada por Manuel Luís Goucha, não pude deixar de me recordar de Lucinha Araújo, mãe de Cazuza, que encontrou na Fundação Viva Cazuza, de apoio a crianças Seropositivas, uma razão para viver...

"Encontro em cada uma daquelas crianças um pouco do meu filho, em cada olhar, em cada abraço"

Lucinha Araújo 

Diariamente, por todo o mundo, milhares de pessoas lidam com a perda, mas certamente nada se deverá comparar com a perda de um Pai ou uma Mãe, com a partida de um filho.

Um abraço Tony Carreira, desta Caneca sem letras, para expressar a dimensão da sua dor.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

 

 

 

O “Menino” André... No Você Na TV!

Filipe Vaz Correia, 13.11.19

 

O André Ventura foi ao Você na TV, tal e qual como o rapaz de saias...

De facto, por vezes, os extremos tocam-se.

O “menino” André sentado no seu gabinete recebendo o Manuel Luís Goucha, nem consigo imaginar como arrepiados deverão ter ficado alguns dos seus, mais radicais, camaradas de partido.

Nesta entrevista ficámos a saber que afinal, o deputado, não é contra a homossexualidade, somente o casamento, que não se considera de extrema-direita, que se afasta da direita Alemã ou Francesa, que é capaz de atenuar posições e afagar esse lado democrático que parece nele haver.

Olha que bonito...

Pelo meio, sobraram os laivos populistas que, sendo mais fortes do que o próprio, vêm sempre ao de cima, por entre, as visitas a uma freira violada ou a castração química.

Enfim...

Agora tenho de admitir que até tem piada assistir a esta entrevista do “nosso” André Ventura com o Manuel Luís Goucha, de fato azul “berrante”, por entre, mútuos cumprimentos e simpatias.

Uns de fato e gravata, outros de saia, no entanto todos buscando o mesmo...

Um pouco de audiência para vender o seu “peixe”.

Agora é esperar pela vez da Joacine Katar Moreira.

O Você na TV no centro da vida parlamentar...

Não poderia imaginar programa mais apropriado para estes actores.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

O Dia De Cristina...

Filipe Vaz Correia, 07.01.19

 

Cristina Ferreira vai estrear o seu programa na SIC...

Chegou o grande dia.

O País parece parar, para tão importante ocasião, numa batalha fratricida que se anuncia entre TVI e SIC, entre Goucha e Cristina.

As audiências marcarão as notícias, os convidados serão disputadíssimos, os frames analisados ao pormenor...

Quem vencerá?

Quem sairá derrotado?

A curiosidade parece invadir as redes sociais, antecipando cada instante de uma batalha anunciada.

Neste dia de Cristina, pois será  dela a estreia, quase que podia apostar numa vitoria da "saloia" da Malveira, não somente pela capacidade que a nossa "Princesa Diana" tem em amarrar o telespectador ao ecrã, mas também pelo desesperado erro cometido pela TVI, com a trapalhada de um tal de Mário Machado...

Entre o convite e a justificação, sobrevive a imperiosa sensação de uma desesperada busca por audiências.

E isso poderá revelar a ansiedade vivida nos estúdios de Queluz de Baixo.

Mas pouco importa.

Chegou o grande dia...

O dia de Cristina.

 

 

Filipe Vaz Correia