Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

02
Dez19

A Greta Está A Chegar...

Filipe Vaz Correia

 

A Greta está a chegar a Lisboa...

A activista Sueca fará escala na Capital Portuguesa, momento suficiente para um encontro, na Doca de Alcântara, com o Presidente da Câmara de Lisboa e com alguns Deputados da mui nobre Nação.

A caminho de Espanha para estar presente na Cimeira do Clima, patrocinada pela ONU, onde se irá discutir as alterações climáticas e o seu efeito neste Planeta Azul.

A jovem Sueca irá participar neste debate para o qual tem contribuído com o seu testemunho, testemunho esse que rapidamente se transformou na voz de milhares de jovens por esse mundo a fora.

Well Done!

O combate às alterações climáticas é um tema deveras importante, tema esse que não deveria dividir gerações, mais novos versus mais velhos ou servir de arremesso político, num jogo Direita versus Esquerda...

Antes pelo contrário, este é um tema que deveria unir todos, na busca por um consenso que modifique e altere a actual realidade.

É indesmentível que o Planeta passa por um processo de alterações climáticas e que urge tomar medidas, sem tempo para hesitações, que reduzam esses efeitos para os quais os cientistas de todo o mundo vão alertando.

Países como a China ou Índia, até agora dos maiores contribuidores para a actual devastação climática que vivemos, terão obrigatoriamente de mudar de posição, olhando para o acordo de Paris com o tamanho interesse da sua sobrevivência.

Basta ter atenção aos níveis de Poluição que condicionaram a população Chinesa durante o ano de 2018 ou já neste ano de 2019 com as duas maiores cidades da Índia, Nova Deli e Mumbai, paralisadas devido ao elevado número de partículas na atmosfera.

Atravessando o Atlântico, no veleiro da casa Real Monegasca, a jovem Sueca Greta Thunberg continua percorrendo o trilho que para si escolheu, contribuindo com o seu papel para esse despertar de consciências desmedidamente importante, caso a Humanidade tenha legitimas preocupações  com a sua sobrevivência.

Da minha parte, querida Greta, apenas um conselho:

Que o seu discurso de Madrid seja diferente daquele que fez na sede das Nações Unidas, em Nova Iorque...

É que nem sempre a agressividade se revela o melhor caminho, por vezes, em vez de agregar, assusta.

Mas o que importa?

A Greta deve estar a chegar...

 

 

 

 

14
Jul18

A Carta De Cristiano Ronaldo A "El Chiringuito"......

Filipe Vaz Correia

 

Cristiano está na Juventus, como se isso fosse de somenos, partindo assim desse mundo Madridista que viveu sob a sua genialidade, um dos mais importantes momentos da sua História, senão o mais importante.

Ronaldo será sempre uma lenda Madridista, pelo que jogou, pelo que ganhou.

Será sempre um dos maiores jogadores da História do jogo, senão o maior...

Mas é na dimensão humana, tantas vezes criticada, que se vê o quão especial ele é.

A carta escrita por Cristiano ao programa televisivo Chiringuito, despedindo-se de todos, os que o defenderam, amigos e Madridistas, assim como, os que sempre estiveram contra si, demonstra o lado cordial, afável e humano deste super jogador.

O lado emocional de tal gesto ficou marcado no rosto de todos, daqueles jornalistas que representam o mais importante programa desportivo da televisão Espanhola.

São pormenores, singelos pormenores que constroem a verdadeira essência deste monstro do futebol Mundial.

Cristiano partiu para Turim, mas soube partir...

Soube despedir-se, mesmo vendo negado um adeus oficial no Santiago Bernabéu, soube deixar mais do que saudades do seu futebol, as mais sinceras manifestações de respeito e carinho pelo homem.

E é também por isto que serás eterno...

Cristiano Ronaldo.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

 

 

 

06
Abr18

Até Quando Sporting?

Filipe Vaz Correia

 

Ao terminar o jogo em Madrid contra o Atlético, pensei que a noite havia sido triste, marcadamente frustrante, uma vez mais...

Frustrante nos erros, Centrais, no que deixámos de fazer, naquilo que tendo sido feito se tornou incompleto, diante da falta de eficácia verificada, nos vários lances de golo que o Sporting dispôs.

No entanto, enganei-me...

Após o jogo, o Sr. Bruno de Carvalho em mais um gesto pueril, voltou ao Facebook, quase da mesma forma como Donald Trump vai ao Twitter, para regurgitar algumas palavras de ataque aos seus Jogadores, numa atitude habitual num Presidente cobardolas.

Fez isso várias vezes, com vários treinadores, sempre demonstrando a sua falta de liderança e acima de tudo a sua flagrante impreparação para o cargo.

Bruno é isto e não mais...

É este pedaço de boçalidade impreparada para lidar com o revés, com o insucesso, por mais que esta frase possa ser costumeira, pois ao longo do seu mandato, no que diz respeito ao Futebol, é precisamente o insucesso que repetidamente o acompanha.

Atacou vários jogadores, como Bas Dost, Coentrão, Coates ou Mathieu e até Gelson Martins...

Tem esse direito?

Sem dúvida, desde que no recato da privacidade de um balneário pois será sempre essa a primeira premissa para a confiança e respeito.

Mas Bruno de Carvalho não percebe este sentido, não atinge este significado, perdido por entre o seu desmedido julgamento de si mesmo, da dimensão irrealista com que avalia os seus gestos.

Para ultrapassar esta espécie de indigência Presidencial, Bruno conseguiu superar-se...

Telefonou para a CMTV para comentar a análise que os convidados faziam às suas palavras, escritas naquele famigerado Post.

O Sporting nunca esteve num patamar tão baixo, como aquele em que se encontra neste tempo, esventrado vezes sem conta, pela vergonha desmedida de um boçal primário, aos comandos da naú Leonina.

Não existem palavras para descrever, frases para caracterizar, parágrafos para concluir tamanho pesadelo...

Vai à deriva o pedaço de história que se completa, de uma tradição que nos orgulha mas que corre o risco de se perder, por entre, os desmandos de um louco populista.

Até quando Sporting?

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

11
Out17

Bipolaridade Catalã...

Filipe Vaz Correia

 

Todos aguardavam as palavras de Carles Puigdemont no Parlamento da Catalunha, temendo-se uma Declaração Unilateral de Independência que acabasse por agudizar os ânimos, estreitando ainda mais o sinuoso caminho, que parece ensombrar os destinos da velha Espanha.

A surpresa ficou reservada para o tom moderado e esclarecido com que o Presidente da Generalitat, resolveu estender a mão ao Governo Central, procurando um suposto entendimento, ou pelo menos, simulando-o...

Para esta atitude muito terão contribuído as reacções internacionais, a fuga de empresas e capitais, deixando no ar um ameaçador isolamento.

Puigdemont falou no Parlamento da Catalunha para o mundo, para aqueles Catalães que se opõem a este grito libertário mas também, não menos importante, para os Espanhóis espalhados pelas mais variadas regiões Autonómicas...

Tentou passar uma ideia de ponderação, de abertura e equilíbrio, reforçando a fé numa Nação Catalã, ao mesmo tempo, que tentava através desta surpreendente moderação, conquistar a opinião pública e credibilizar a sua causa.

O que fará Rajoy?

Que resposta chegará de Madrid?

Este é um tempo vital para a unidade de Espanha, e será essencial para essa mesma unidade, a forma como Mariano Rajoy e o Governo Espanhol, resolverem actuar a partir daqui...

Na minha modesta opinião, é importante aproveitar esta bipolaridade da Generalitat Catalã, para empreender uma espécie de diálogo que aproxime, ou seja, deixe a percepção em todos de que ainda será possível encurtar diferenças, fazendo renascer um processo Autonómico na Catalunha, há muito adiado.

Se Rajoy não o conseguir fazer, voltando a desperdiçar uma oportunidade para desarmar este discurso bipolar das Autoridades Catalãs, então, talvez seja mesmo difícil voltar atrás...

Por agora, surpreendentemente, parece que ainda será possível.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Comentários recentes

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Calendário

Dezembro 2019

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D