Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

A Lua Ao Luar

Filipe Vaz Correia, 10.02.19

 

A doce inspiração que me foge no breu da noite, por entre, as estrelas, as nuvens, a imensidão.

Num silêncio destemido, quase usurpador, se vão escrevendo sem versos, as entrelaçadas mágoas de um texto...

Um texto meio desarranjado, repartido em sentidos sofrimentos, em pequenos compartimentos, de carregados tormentos, contados ao vento que não pára de soprar.

Mas o ardor não tem velas e por mais que o vento sopre, mais ele fica, se entranha, mais se faz valer essa espécie de destempero que amargura.

Sabe lá o tempo, as angústias que no destino se cumprem, pinceladas de cor, esbatidas em cada tela de uma vida.

Caminhando nessa viagem, sob a imensidão do céu...

Busco a inspiração para a tamanha contradição, por entre, as estrelas, as nuvens, a imensidão...

E a lua, secretamente despida, alumiando as feridas que somente ao luar sobressaem.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

 

Linhas Imperfeitas...

Filipe Vaz Correia, 04.03.18

 

 

 

Pedi sem dizer;

Que o tempo regressasse,

Para secretamente escrever,

Rescrevendo mudasse,

Esse destino...

 

Mas o tempo não mudou;

O céu continuou,

O cinzento ali ficou,

Doendo matou...

 

Sangrado intensamente;

Se foi esvaindo a alma,

Que discretamente,

Partiu...

 

E talvez noutro mundo;

Noutra vida por chegar,

Se abrace o que ficou,

Escondido nesse luar.

 

 

Luar!

Filipe Vaz Correia, 27.05.17

 

 

 

Não fiques triste;

Só porque a tristeza insiste,

Em te mostrar que existe,

Essa dor que não desiste,

De te magoar...

 

Não penses que eternamente;

Essa desilusão que sentes,

Te irá penosamente,

Aprisionar para sempre,

Só porque esse destino não era eterno...

 

Não deixes que a escuridão;

Reaparecida na imensidão,

Deslumbrante ilusão,

Te roube do coração,

A esperança...

 

E de mansinho, devagar;

Com a noite a entrar,

Talvez possas voltar a acreditar,

Que aquele cintilante luar,

Refletido no teu olhar...

 

É o teu futuro a chegar!