Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Só, Li, Dó

Filipe Vaz Correia, 20.06.19

 

Só,li, dó;

Letra musical,

Pedaços de nó,

Nessa arte especial...

 

Numa letra da canção;

Outrora virgem iludida,

Soletrando só, li, dó,

Solidão desferida...

 

E cantando a plena voz;

Esquecendo a tamanha dor,

Reescrevendo essa pena atroz,

Que vai ardendo sem pudor...

 

E repetindo o refrão;

Escrito pelo poeta,

Vai soltando o coração,

A vontade já deserta...

 

Deserta e afinada;

Uma e outra vez,

A cantiga apaixonada,

De um singelo amor cortez.

 

 

 

 

 

 

Será Que Sabes?

Filipe Vaz Correia, 17.01.19

 

 

 

Será que sabes;

Ou não interessará saber,

Que esse desconhecimento,

Virou sofrimento,

Que esse breve ferir,

Se tornou fugir,

Por entre, o que prometeu ser eterno,

Para sempre tão terno,

Mas num segundo,

Se quebrou profundo,

Nesse sentido da vida,

Amargurada ferida,

Transformando em dor,

O que um dia foi amor.

 

Será que sabes;

Que o que hoje é nada,

Prometeu ser tudo,

E se escapou,

Em cada lágrima,

Desencontrada.

 

Será  que sabes?