Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Vida Louca, Vida Breve...

24.11.17, Filipe Vaz Correia
  Mergulho profundamente... Tão profundamente que me pareço perder, na inebriante vontade de voar debaixo de água, como se o céu e o mar se unissem num só. Num azul tão cristalino como intenso,  que nos abraça, nos envolve, nos possui. Por vezes, deslumbrados por tamanha correria, pelo destempero inerente à imberbe idade, parecemos querer de uma só vez, viver tudo, desamarrar os laços, fechar os olhos e viajar vertiginosamente, por entre, os mistérios da alma. Tanta (...)