Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

23
Jun18

Bruno Out...

Filipe Vaz Correia

 

A Assembleia destitutiva finalmente chegou...

Este será o dia para os Sócios do Sporting gritarem bem alto a indignação imensa de um destino que não queremos, o resgatar de um ADN que apenas a este clube pertence.

Será o dia mais importante da História do SCP, na tentativa de sair do período mais negro que alguma vez foi possível imaginar.

Bruno esperneia sem parar, num corrupio de mensagens nas redes sociais, procurando com as suas falsidades enganar e iludir aqueles que neste dia irão decidir o futuro Leonino.

Faz parte da personalidade do Bruno, esta capacidade de desviar a verdade, de amarrar aos seus desvarios a realidade paralela em que vive, em que reina, onde apenas ele existe...

Mas não será mais assim, pois na vontade Leonina, estou convicto, subsistirá a emoção gritante deste amor pelo "nosso" Sporting, que erradicará esta loucura insistente espelhada em cada acto deste nefasto Presidente.

Hoje não será dia de Burnout...

É dia de Bruno Out.

Viva o Sporting

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

25
Mai18

Voltem Os Croquetes...

Filipe Vaz Correia

 

E vamos lá, uma vez mais:

A noite adentro quando Jaime Marta Soares no Hall do Pavilhão Multiusos se preparava para falar aos jornalistas, explicando o que havia ocorrido na famigerada reunião com o "Pequeno Ditador", em directo para todas as televisões...

Um cenário de baixo nível, acorrentado a impropérios e gritos, rodeado de "apoiantes" da actual direcção, quais camisas vermelhas, sim vermelhas, no centro de Caracas.

Nunca imaginei ver este Clube entregue a este tipo de gente, celebrando a mítica frase...

O Sporting é nosso outra vez.

Se é vosso, caros Brunistas,  irá sê-lo em contradição com os valores básicos que sempre nortearam a Instituição que tanto amo, desprovida na actualidade do glamour e esperança que sempre a caracterizaram.

Perder custa pouco, comparativamente com estas imagens, esta gente pequena que acompanha o seu tresloucado líder.

Tenho vergonha...

Tamanha vergonha.

A Nação Leonina já não se encontra ferida, mas sim esventrada de toda a sua alma, entregue a este tipo de mafiosos que ameaçando, chantageando, usando a demagogia como arma, se vão servindo do clube e certamente da ignorância vigente para governar...

Para sobreviverem.

Estão a matar o Sporting Clube de Portugal...

Estão a reduzir este meu amor, a um retrato muito pobre do seu destemido destino.

No meio de tantos gritos lá consegui compreender que será marcada uma Assembleia de destituição para meados de Junho, num cenário que em tudo concorre para a tragédia...

Um campo de batalha tal como deseja o boçal que nos governa.

Tenho mágoa e tristeza, por entre a incerteza que vivemos, nós Sportinguistas que não se revêm nesta direcção, receando que se possa perder a tamanha grandeza por entre os caprichos de um insano dirigente.

Liberto assim a descrença que sinto, gritando desesperadamente a vontade que me preenche...

Voltem os croquetes, pois não aguento mais com tanta boçalidade.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

10
Abr18

Bruno: O Insano Mundo De Um Déspota...

Filipe Vaz Correia

 

Bruno de Carvalho despediu-se do Facebook, um gesto tardio que não consegue apagar as barbaridades cometidas nos últimos tempos e que culminaram com este suicido público Presidencial...

A noite de Domingo, em Alvalade, trouxe ao de cima o surreal de toda esta situação, tendo de um lado os Jogadores unidos, apoiados pela esmagadora maioria dos adeptos presentes e de outro lado um Presidente vaiado, vergado, acometido por uma estranha dor lombar que surgiu no momento exacto, propiciando a fuga perfeita da sublime humilhação.

Imagine-se Bruno no centro do relvado, ignorado por todos os jogadores, pelo "seu" treinador, e abraçado por um imenso coro de assobios...

Sinceramente, nada disto me surpreende em Bruno de Carvalho, este perfil lunaticamente enraivecido, entrelaçado com uma gigantesca falta de escrúpulos e valores que facilmente podemos detectar.

A expressão que mais vi por aquelas bancadas, por aqueles recantos, foi a estupefacção...

Mais até do que a revolta, do que o desagrado, a saída de cena de Bruno de Carvalho traz consigo uma espécie de lento acordar, por entre uma tenebrosa temporada num qualquer país do antigo Bloco Soviético.

Os olhares pareceram ganhar esperança, as vozes levantaram-se e os Leões presentes em Alvalade resolveram dizer basta.

E nesse tempo que se quer esperançoso, deixo aqui uma palavra sincera de admiração, pela atitude do treinador do Sporting, Jorge Jesus, que no final da partida com as suas palavras me emocionou, tocou imensamente todos aqueles adeptos Leoninos, que desencantadamente já pouco esperavam.

Jesus mostrou ser inteligente, líder, um verdadeiro condutor de homens, garantindo a coesão do grupo e conquistando definitivamente muitos dos que dele poderiam desconfiar.

Da minha parte, deixo de lado as reservas que há muito me incomodavam, a desconfiança que em mim crescia, para estar novamente do seu lado.

Um palavra para Jaime Marta Soares, personalidade por quem nutro um profundo desprezo intelectual, tendo aliás, mais do que uma vez, aqui escrito o que penso do seu percurso político e de grande parte das opiniões que profere...

No entanto, o Presidente da MAG, não fugiu às suas responsabilidades, não se acobardou diante dos desmandos descontrolados de Bruno de Carvalho e num momento que poderá ser historicamente importante para o Clube, enfrentou o Presidente pirómano, tentando devolver alguma dignidade ao Sporting e consequentemente a todos nós.

Nunca pensei escrever tal coisa...

Muito obrigado Jaime Marta Soares.

Muitos pedem que o Presidente se demita, coisa que certamente não o fará, por isso mais do que nunca será importante que Sócios e Adeptos, não se deixem ludibriar por dores lombares ou nascimentos, por despedidas de Facebooks ou licenças de paternidade, por inimigos internos ou externos...

A única coisa que importa é resgatar o Sporting de tão sinistra personagem.

Viva o Sporting

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

09
Nov17

Anti-Populista Me Confesso...

Filipe Vaz Correia

 

Não suporto demagogos ou populistas, sempre os detestei...

Custa-me quando os sinto do meu lado, quando os vejo nas cores que sempre defendi, naquelas que sempre tive como minhas.

Infelizmente, actualmente, é assim na política, é assim no futebol, sendo que tenho mais esperança na parte política, pois no que concerne ao meu Sporting, provavelmente só me restará chorar, ao estilo da oposição Venezuelana.

Ontem assisti ao debate entre a Mariana Mortágua e o António Leitão Amaro, e sinceramente já pouco me espanta neste PSD de Passos Coelho, no entanto, assistir a uma indigna mistura de Pedrógão, Fronteiras, Legionella e Segurança Interna, é demais para a minha paciência...

É demais para qualquer tipo de seriedade argumentativa.

Esta maneira de fazer política é uma forma aberrante de descredibilizar os assuntos, misturando todos para criar uma sensação de gigantesco medo, que perturbando a sociedade, possa criar um desconforto emocional na população.

Não será isto que faz Maduro?

Ou outros que tais...

Tanto na política como no futebol, ou seja PSD e Sporting, tenho a sensação de estar permanentemente num comício Chavista.

Com Marta Soares ou Bruno de Carvalho, no meu Sporting, e estes Leitões Amaros, Hugos Soares ou os Abreu Amorins no meu PSD, resta-me esperar que um Rio possa inundar o Partido, resgatando-o de uma penumbra ultra-liberal populista, para onde foi atirado há alguns anos atrás.

Quanto ao populismo demagogo a que está votado o meu Sporting, não me parece que chegue um Rio para a tão ambicionada, por mim, mudança...

Ainda para mais, este populista tem a ajuda de Jesus.

E com apoios divinos, fica mais difícil.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

31
Out17

Jaime Marta Soares: Um Velho Cacique!

Filipe Vaz Correia

 

Sou um admirador dos nossos Bombeiros, Heróis maiores da nossa sociedade civil, capazes de sacrifícios inenarráveis, em prol de todos nós.

Por essa razão tenho sempre imensa simpatia, por tudo o que envolve esta corporação, os seus representantes, as suas lutas.

Aquilo que mais me irrita ou melhor atormenta, são pessoas boçais, pouco civilizadas, meio trauliteiras, uma espécie de aldrabões, encapotados de homem público...

Jaime Marta Soares.

As palavras deste senhor, são constantemente ameaçadoras e até chantagistas, adequadas ao seu estatuto de dinossauro político, vindo de um tempo onde tudo era permitido...

O seu estilo e as suas palavras acabam, muitas vezes, por rebaixar a função e essencialmente o nome que ostenta:

Presidente da Liga dos Bombeiros.

O facto de ser Presidente da Mesa da Assembleia Geral do meu querido Sporting, apenas me irrita mais, no entanto, tenho de convir que actualmente até me parece encaixar no perfil...

Assim, aqui fica um desabafo:

Senhor Marta Soares, faça um esforço, se conseguir, para dignificar o cargo que ocupa.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Comentários recentes

  • Teoria do Nada

    Eu tenho uma teoria: isto é racismo, é tudo falso ...

  • Leão da Estrela

    Alguém afirmou - não me lembro quem - que «O mundo...

  • Bia ❤️

    Ohhhhh que bom!! Muito obrigada pelo carinho, beij...

  • Filipe Vaz Correia

    Minha querida Teresa...Sempre com uma palavra amig...

  • Teresa

    "Eu cultivo rosas e rimas, achando que é muito bom...

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Calendário

Janeiro 2020

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D