Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Amanda Gormam: A Poética Esperança Em Todos Nós!

Filipe Vaz Correia, 29.01.21

 

 

 

 

 

As palavras que ecoam em mim;

nessa importância que se entrelaça ao olhar,

numa desmesurada busca sem fim,

por entre uma imensidão de questões.

 

Renasço em cada verso;

em cada pedaço de esperança colorida,

nesse misterioso universo,

de acorrentadas feridas.

 

Numa manhã silenciosa,

se levantou o mundo ansioso

por entre, soltas palavras de bronze

soltando a penumbra que nos cobria.

 

Já não consigo gritar,

nem suspirar a tamanha emoção,

nessas pequenas coisas desta vida,

repetidamente sentida.

 

Quero acreditar,

sem cores, sem medos,

e levemente ansiar,

pelas promessas de um novo amanhã.

 

Subindo a montanha;

firmemente escalando,

os esquecidos degraus da memória,

em cada pedaço de nossas almas.

 

 

Um poema nesta Caneca para homenagear a poetisa Amanda Gorman...

Que melhor motivo para ter esperança do que o declamar de uma poesia na tomada de posse de Joe Biden?

Viva esse futuro que se anuncia.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

 

Demência

Filipe Vaz Correia, 17.09.20

 

Estou voando para além do que seria imaginável, caminhando por entre o que não seria expectável, reescrevendo aquilo que não adivinhava escrito...

De mãos dadas com a intrínseca vontade de correr, correr sem parar, de pulmões abertos, respirando tudo de uma vez.

Nas entranhas da alma a querença de viver tudo intensamente, como se fosse o último pulsar de esperança, nessa correria de indiferença que nos circunda, nos entrelaça, nos espera.

Corro, corro imensamente na busca do prometido oásis, essa felicidade descrita na ingénua imaginação que um dia a todos iludiu, esse olhar pincelado de cores, sabores... amores.

O tempo...

Tic tac, tic tac, tic tac.

Os abraços agora perdidos, o afago agora esquecido, o gélido afastamento agora imposto, vai marcando a fria constatação desse solitário egoísmo cada vez mais marcado nos rostos do mundo, um fracturante partilhar que ameaça esse futuro desconhecido.

Estou voando para além do que seria imaginável, buscando esse amanhã que será sempre indecifrável, nas entrelinhas de um futuro ansiadamente melhor...

Até lá, se Deus quiser.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

 

 

RE-PUG-NAN-TE...

Filipe Vaz Correia, 28.03.20

 

O discurso do Ministro das Finanças Holandês no Conselho Europeu, não foi o único, é absolutamente repugnante...

António Costa assim o classificou e muito bem.

Parece que nada aprendemos com a crise de 2008, sendo que muitos dos que saltaram para fora do barco se apresentam capazes de fazer o mesmo assim que o Tsunami económico chegue.

Uma barbaridade.

Uma coisa a União Europeia terá de repensar...

O seu propósito.

Se não serve para uma solidária resposta num caso como este, então não servirá para nada.

Gostaria, não sei se gostar será o verbo, de ver o que valeria a Economia Holandesa, Austríaca, Húngara sem o chapéu de chuva do Euro.

Mantendo este tipo de atitude, se calhar, iremos descobrir mais cedo do que julgamos.

Pois desta resposta se fará o futuro da União Europeia.

Repugnante...

Bela palavra Senhor Primeiro-Ministro...

Absolutamente repugnante.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

Sporting Clube De Portugal: Que Futuro?

Filipe Vaz Correia, 03.02.20

 

A lenta agonia leonina...

Até quando andaremos entregues a este triste destino, sem rumo, que nos levará até ao definhamento desmedido.

O meu Sporting...

Meu amor.

Não tenho palavras para o estado de coisas que cerceiam e mutilam o meu clube, o divisionismo gritante que nos cerca e a incompetência desmedida que nos lidera.

O Sporting está hoje preso a diversos enigmas, entre populismos e ressabiados, entre sabichões e ignorantes, várias visões de "orgulhosos" Sportinguistas.

Só nos resta um caminho...

Profissionalismo.

Profissionalismo das estruturas, (nada de amor ao clube, estou farto dessa lengalenga), profissionalismo na liderança, na profissionalização global de todas as áreas e formas do Sporting Clube de Portugal.

Quem é o melhor CFO de desporto?

Contratem!

Quem é o melhor director desportivo, com vertente de formação global?

Contratem!

Quem é o melhor treinador de clube, com aposta em jovens da formação?

Contratem!

Não há dinheiro?

Como não?

Esta administração gastou perto de 40 milhões em coxos, jogadores que na sua maioria nada acrescentaram ao clube, por isso mais valia guardar os milhões desperdiçados em contratações miseráveis e apostar em uma estrutura altamente especializada e preparada, de preferência sem passado em Alvalade. 

Vianas, Betos, Manéis Fernandes, Vidigais, Inácios ou afins...

NÃO!

Contratem os melhores em cada área e expliquem o caminho aos sócios, sem mentiras, indicando tempo para a recuperação do clube, da sua equipe de futebol, apostem na prata da casa, com sete ou oito miúdos de Alcochete, recuperem outros desperdiçados por administrações incompetentes, acompanhados de contratações pontuais de jogadores de inegável qualidade que possam fazer crescer estes meninos da formação...

Mas quem vier, que não faça parte da formação, terá de ser uma indiscutível mais valia.

Cumpram este requisitos e certamente contarão com o apoio da maioria dos Adeptos.

Caso não seja este o caminho, continuando de eleição em eleição a eleger pirómanos tresloucados ou em alternativa, bananas encartados, rumaremos ao único cenário que um dia restará ao Clube...

A sua alienação como forma de sobrevivência e esperança de vencer.

Viva o Sporting.

 

 

Filipe Vaz Correia