Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

31
Ago18

Mas Que Raio Vem A Ser Isto?

Filipe Vaz Correia

 

Não percebo nada disto...

A se confirmar o empréstimo de Matheus Pereira, depois das dispensas de Chico Geraldes, João Palhinha, entre outros, fico cada vez mais irritado com Peseiro e as suas escolhas.

Mantenho-me em silêncio devido à situação encontrada pela Comissão de Gestão e pelo actual treinador, que apesar de tudo tem conseguido bons resultados, no entanto, existem limites.

Alguém me explica porque razão está Fábio Coentrão no Rio Ave enquanto o Sporting continua a jogar com Jefferson a titular?

Podem explicar?

Viva o Sporting

 

 

Filipe Vaz Correia

20
Jan18

As Lágrimas de Fábio Coentrão...

Filipe Vaz Correia

 

O Sporting voltou a perder pontos, desta vez em Setúbal...

Não vou voltar a escrever que este Sporting joga como equipa pequena, que o seu treinador é medricas, tem receios que passam para a equipa, estrangulando e limitando a sua criatividade.

Não vou voltar a escrever sobre isso, pois é por demais desoladora, a forma como joga o meu Sporting.

Se ontem me emocionei, naquela noite fria no Bonfim, foi apenas pelo Fábio Coentrão...

E hoje, ainda mais, quando li o seu texto no Facebook, demonstrando uma vez mais, aquele amor imenso com que veste aquela camisola.

Muitos dirão que ele foi mal-criado com o árbitro, largando duas ou três asneirolas profissionais, outros dirão ainda, que estragou o banco de suplentes e que aquelas atitudes lhe deveriam dar um castigo severo...

Desde já me oponho.

Pelo linguajar, era o que faltava...

Num jogo de futebol as asneiras não contam, muito menos para quem joga, está lá dentro no fervor da competição.

Pelos estragos no banco de suplentes, muito menos... 

Na verdade, meus caros amigos, não quero saber se Fábio Coentrão disse ou não disse asneiras, se partiu ou não o banco de suplentes, pois o que verdadeiramente me importou, foi ver naquelas lágrimas a criança que fui um dia, chorando como ele, por aquele emblema, naquela imagem...

Foi sentir nas suas palavras, o sonho realizado de uma vida, o sonho de menino que ali estava representado no seu desespero, pelo "seu" Sporting.

Coentrão conquistou a alma Sportinguista que em mim habita, abraçou-me imensamente em cada lágrima libertada em seu rosto, pelo seu rosto abaixo.

E assim, como apenas mais um de nós, lá seguirá lutando por este nosso grande amor...

Este amor chamado Sporting.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Posts mais comentados

Comentários recentes

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Calendário

Setembro 2019

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D