Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

21
Jan19

Dois Anos De Trump... Que Bom!

Filipe Vaz Correia

 

Já passaram dois anos de mandato, desde que Donald Trump chegou à Casa Branca e apesar de tudo...

Ainda não começou a Terceira Guerra Mundial.

Ainda!

Dois anos de um mandato repleto de disparates, alguns económicos, outros comerciais, uns Humanitários, outros ambientais, mas sempre com aquele "glamour" alaranjado e truculento.

O seu percurso tem sido acompanhado por milhares de mentiras, perto de sete mil até este momento, no entanto, o Presidente Americano vai continuando a caminhar, mesmo que mais isolado politicamente, fazendo birra pela falta de novos brinquedos.

"- Um muro! - Quero um muro!"

Mas estamos vivos...

Inacreditavelmente, nenhuma bomba nuclear saiu inadvertidamente do outro lado do Atlântico, disparada num momento de raiva, por entre, uma discussão no Twitter.

Pensando assim, dá para respirar de alívio e acreditar na existência de Deus.

Que bom!

Só que ainda faltam mais dois anos...

Mais dois anos de mandato.

Um milagre, só um nos salvará.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

 

01
Nov18

Dois Anos De Viagem Na "Minha" Caneca...

Filipe Vaz Correia

 

O Caneca de Letras faz hoje dois anos...

Dois anos de uma imensa partilha, opinião, desbragada imaginação que se permite voar, por entre, as linhas deste "cantinho".

Neste "cantinho" de poesia e prosa, de desabafos e amores, de lágrimas e sorrisos, de tudos e nadas, vai sobrando o contentamento maior de escrever...

Escrever é uma das minhas paixões, ensinamento que herdei de minha Mãe e talvez por isso, de cada vez que escrevo me sinto mais perto dela, mais aconchegado, em contraponto, com a maldita saudade que a minha alma corrói.

Neste entrelaçar de uma viagem, não posso deixar de aqui salientar pessoas que entraram na minha vida, através do Caneca de Letras, e que fazem parte deste destino carregado de palavras...

Terminatora, A Desconhecida, A Rapariga do Autocarro, Ana, Francisco Laranjeira, O Último Fecha A Porta, Anjinho, DC, Jaime Bessa, Beia Folques, Tudo Mesmo, A Gaivota Azul, Robinson Kanes, Triptofano, Equipa Sapo, Pedro Neves, etc...

Obrigado a todos os que por aqui passam e perdem um pouco do seu tempo, nesta partilha comum.

Que venham mais anos...

Para terminar, não posso deixar de falar no meu querido Tio Jaime, o seguidor número um do Caneca de Letras.

Há um ano atrás,  ainda os dias eram de alegria, longe de podermos imaginar que a penumbra chegaria...

Mas aqui o Tio será  eterno, como eterna será  em mim, a recordação que de si guardo.

Dois anos, de muitos mais...

Se Deus quiser.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

 

 

 

09
Mar18

Simplesmente Marcelo...

Filipe Vaz Correia

 

Dois anos de Marcelo Rebelo de Sousa, como Presidente da República, num misto de sensações incansáveis que avassaladoramente mudaram o panorama político Português.

Marcelo é intenso e caloroso, Professoral e fraterno, acutilante e sincero, próximo e assertivo...

Tantas coisas que podem caracterizar o Presidente da República, sendo que de todas elas, o que mais fica retido na alma das pessoas, é a ligação criada entre as gentes e Marcelo.

Essa busca constante de um afecto, um abraço, uma presença que se tornou essencial em momentos difíceis, um olhar que tranquiliza.

Marcelo conseguiu construir essa ligação supra-partidária, muito além das tricas politico-parlamentares, dando uma lição de dedicação pública, a muitos daqueles que sendo políticos profissionais, se mantêm em cima do seu Ego, para justificar as suas acções.

Marcelo despiu desde o primeiro momento essa capa Messiânica, esse lado intocável que existia na anterior Presidência, encurtando distâncias e recuperando para o cargo que ocupa uma dignidade, há muito, perdida.

Sou um admirador confesso de Marcelo, Prof Marcelo Rebelo de Sousa, não só pela forma como executa a função mas também pelos princípios ideológicos que o regem, pelos quais se norteia...

Talvez os partidos e os políticos pudessem observar e aprender com ele, com a forma como pensa e actua, pois estaríamos, certamente, mais perto de credibilizar a política...

E credibilizando os políticos, aproxima-los das pessoas.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Comentários recentes

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Calendário

Fevereiro 2020

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D