Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Retratos…

Filipe Vaz Correia, 23.09.21

 

 

 

17EA9B18-ABA5-4A9F-9804-E2972DE66E69.jpeg

 

Nos retratos de um tempo;

vivem tantos que desconhecemos

que conhecendo guardavam segredos

novelas e enredos

que se perpetuam.

 

Nos retratos ao vento;

esvoaçando na correria

se soletram estrelas e firmamentos

de angustias e alegrias.

 

Olhos tristes e solarengos;

como tardes de verão

fantasmas e desamores

amarrados à velha canção.

 

E em todos os retratos;

se repetem as histórias

letras soltas na eternidade

de tamanhas memórias.

 

Retratos e mais retratos;

folhas de papel

segredando em lágrimas de tinta

o verdadeiro significado da palavra...

 

Saudade.

 

 

 

 

 

 

Sporting: As Dores De Crescimento

Filipe Vaz Correia, 16.09.21

 

D96B4B39-C586-460A-960D-AA5B4D050A98.jpeg

 

 

O meu Sporting regressou aos jogos da Liga dos Campeões, num jogo absolutamente terrífico com o Ajax...

Perdemos, em Alvalade, com o Ajax por 1-5.

Uma vergonha imensa que se traduz nas entrelinhas de uma história que todos deveríamos  preservar...

Esta equipa, sem Coates e Pote, é composta por gente sem experiência em competições europeias, muito menos na Liga dos Campeões, sujeita a um momento que deveria ser doseado em pedaços de crescimento.

Este Ajax, alguns destes jogadores, esteve há um par de anos nas meias finais da Liga dos Campeões...

Dá para perceber a diferença?

Este Ajax não muda o projecto independentemente de um ano menos conseguido, nem tem na sua estrutura Boçais eleitos em anos atípicos do ponto de vista eleitoral.

Dá para perceber a diferença?

Esta derrota doeu a qualquer Sportinguista, doeu-me, estiralhou a parte Sportinguista de minha alma...

O que devemos aprender com esta derrota  é a caminhada inerente a tamanha tristeza, esse crescimento que fará parte da nossa história, do nosso projecto, sem pôr em causa a estrutura e aqueles que diariamente lutam por ela.

O Sporting está no bom caminho, como nunca esteve, e não será derrota alguma na Liga dos Campeões, eliminação alguma da Champions League, ou outro qualquer desaire que irá pôr em causa todo um extraordinário feito por esta equipe técnica e sua direcção.

Viva o Sporting

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fora Bolsonaro: O Grito De Uma Nação!

Filipe Vaz Correia, 10.09.21

 

 

 

21E089FA-D581-4C78-A863-6D09D9DC8DCD.png

 

 

Sinceramente já não sei para onde caminhará este Brasil, perdido no meio de uma "liderança" corrupta, criminosa e genocida.

Ciente dos seus crimes e sentindo que o futuro lhe reservará, assim como aos seus filhos, um lugar na prisão de Bangú 8, Jair Bolsonaro começa a dar nota de estar a perder o rumo...

Parece ceder a uma espécie de fuga para a frente, tentando desesperadamente que aqueles que ainda o acompanham se disponham a um género de "solução final".

Nas manifestações marcadas para 7 de Setembro, em Brasília e São Paulo, apareceram muito menos pessoas do que aquelas que haviam sido anunciadas por Bolsonaro, 115 mil pessoas, números muito abaixo dos 2 Milhões de pessoas que se tinha de expectativa...

No entanto, apareceram as suficientes para poder lançar o Pais numa pequena loucura sem quartel, porém o comportamento do Exército e da PM, mostrando neutralidade e respeito pela Constituição deve agregar esperança à Nação Brasileira, ao mesmo tempo que deve  preocupar os Bolsonaristas que contavam com o envolvimento destas forças para o seu golpe de estado.

Quanto mais oiço os ataques de Bolsonaro no dia 7, à Justiça e ao Supremo Tribunal Federal, aos opositores e ao departamento Eleitoral mais me convenço do seu desequilíbrio emocional, a falta de capacidade intelectual para discernir os tiros no pé que vai escolhendo dar.

O caminho parece sem retorno, sem volta a dar, ou seja,  a linha da democracia foi ultrapassada pelas palavras que Bolsonaro usou nas manifestações, inclusive ameaçando de morte o Presidente  do Supremo Tribunal Federal...

Sobra um País e um Povo como arma de resposta, a esmagadora maioria do Povo Brasileiro que terá de gritar bem alto o seu repúdio diante deste ogre populista.

Dia 12 de Setembro será o dia em que o Fora Bolsonaro sairá à rua.

Não existe tempo a perder...

Esse grito de revolta é agora.

#Fora Bolsonaro

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Correria de Versos

Filipe Vaz Correia, 09.09.21

 

 

 

E1845A7D-321D-4F40-A340-09121957752B.jpeg

 

 

 

Corro e corro sem parar;

como se o fôlego não tivesse fim

e continuo a caminhar

a caminhar em busca de mim.

 

Corro como se estivesse numa maratona;

numa estrada infinita

por entre miragens e delírios

rosas e lírios.

 

Corro sem esperança;

há muito perdida nos versos de Caetano ou Cazuza,

ao mesmo tempo que o meu coração balança

balançando por entre os versos de uma abstracta poesia.

 

Corro...

sem fim à vista.

 

 

Tudo e Nada

Filipe Vaz Correia, 08.09.21

 

 

 

503B1AB4-8E91-421C-B985-4E47335C4859.jpegTenho nódoas na alma;

caminhando sobre brasas

buscando nas entrelinhas desse teu cheiro

a razão para tamanho encantamento.

 

O adeus;

traduzida despedida de Zeus

plasmada nas escrituras dos fariseus

nas partituras de Deus

repetidos pecados meus...

 

E insisto em viajar mundo a fora;

por entre, o céu estrelado e aventureiro

amarrando os desmedidos sorrisos de agora

a esse futuro derradeiro.

 

Vamos partir;

todos iremos partir

então que seja a sorrir

ousando sentir

as memórias e agruras desse passado.

 

Deixo cair a pena;

estendo a mão àqueles que ficticiamente se abeiram de mim

enquanto sossego o desespero saltitante

e levemente me transformo em mar e terra,

em vento e céu...

 

Em tudo e nada.