Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

28
Jul18

Os Pecados Do Bloquista Ricardo Robles...

Filipe Vaz Correia

 

Quero lá saber o que o jovem Robles faz com o seu dinheiro...

Desde que seja de forma legal.

Quais os seu investimentos...

Desde que os faça de forma legal.

Digo mais:

Acho imoral a publicação dos seus investimentos, a devassa da vida privada, uma vez mais, exposta em alguns pasquins diários.

Se comprou por x e vendeu por outro tanto, se rentabilizou e lucrou, vezes sem conta, o seu investimento, pois numa sociedade livre e capitalista, isso não é mais do que um direito seu.

A única coisa que me encanita é a hipocrisia...

O que dirá o Bloco deste Senhorio "fascista"?

Desta conduta selvagem?

Este tipo de lucro não transferiria Ricardo Robles directamente para o CDS?

Não?

Esta espécie de discurso moralista de esquerda, detentores dos pobres e renegados, não entra em contradição com as praticas de alguns dos seus autores?

Incongruências próprias de populistas encartados, que sofrem neste momento em virtude da arrogância moral, por eles, imposta durante infindáveis tempos.

Estarei sempre do mesmo lado...

O lado da decência e da reserva da vida privada, desde que de forma correcta e legal, da presunção de inocência, da propriedade privada, da elevação de valores.

O que neste caso trama Ricardo Robles, é o facto de se apresentar aos eleitores como o defensor dos pobres contra os ricos, esses malfadados senhorios de Lisboa, capazes de lucrarem com a especulação imobiliária.

Foi assim que se apresentou ao eleitorado.

E depois...

Descobrimos que Ricardo Robles é um senhorio capaz de, tentar, lucrar com a especulação imobiliária.

No entanto, farei a sua defesa pois tudo isto é repugnante...

A sua vida, a da sua irmã, escarrapachada em miseráveis tablóides, simplesmente por exercerem o seu direito a investir.

Triste fado este, o de uma sociedade capaz de se alimentar da futriquice e vida alheia...

Futriquice essa alimentada, muitas vezes, pelo senhor vereador Ricardo Robles e seu Partido.

O que diria o BE se este caso tivesse como protagonista Rui Rio?

Pois é...

Todos adivinhamos.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

 

 

16
Out17

É Tempo De Ter Vergonha!

Filipe Vaz Correia

 

Durante os incêndios de Pedrógão Grande, aqueles momentos arrepiantemente tristes, muitos quiseram ou pediram a cabeça da Ministra da Administração Interna, muitos chegaram a exigir tal consequência...

Não fui dos que se opôs a isso, no entanto, não estava certo se era esse o caminho a seguir, se na verdade, a MAI tinha esgotado ali o seu trabalho no cargo.

4 meses passados, não tenho dúvidas em afirmar, que chegou o seu fim político.

Não é possível que não tenhamos aprendido nada com a tragédia de Pedrógão, que não se tenha retirado nenhuma conclusão, neste espaço de tempo que mediou aquela desgraça e esta que agora Portugal torna a viver.

As declarações da Ministra, assim como as de António Costa, são inexplicáveis, estranhas, parecendo saídas de uma desconexa peça teatral, pejada de drama, mas em que os personagens em questão, se alhearam da realidade.

A Ministra Constança Urbano de Sousa disse aos jornalistas:

" Este não é um tempo de demissão, mas um tempo de acção!"

Se recuarmos estes meses, encontramos as mesmas palavras, da mesma pessoa, numa circunstância similar...

E o que mudou?

Fui eu que mandei desmobilizar os meios de combate, no inicio de Outubro, apesar dos avisos de várias instituições, por se considerar que tinha acabado a época de incêndios?

Foram os cidadãos que tomaram essa estúpida decisão?

Não, Senhora Ministra.

Sei da extrema seca que o País atravessa, sei que não se muda tantas falhas em tão pouco tempo, sei ainda que este será um trabalho de anos...

Sabemos todos.

Mas o que não se pode é dizer à população, que este horror será uma inevitabilidade, que voltará a acontecer, que não teremos meios para o combater...

Isso é que não.

E mais...

Se é indiscutivelmente tempo de acção, é igualmente tempo de demissão, e acima de tudo, é chegado o tempo de ter vergonha.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Comentários recentes

  • Teoria do Nada

    Eu tenho uma teoria: isto é racismo, é tudo falso ...

  • Leão da Estrela

    Alguém afirmou - não me lembro quem - que «O mundo...

  • Bia ❤️

    Ohhhhh que bom!! Muito obrigada pelo carinho, beij...

  • Filipe Vaz Correia

    Minha querida Teresa...Sempre com uma palavra amig...

  • Teresa

    "Eu cultivo rosas e rimas, achando que é muito bom...

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Calendário

Janeiro 2020

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D