Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

25
Ago17

Ardor Meu...

Filipe Vaz Correia

 

 

 

Pobre poesia;

Esconderijo de uma alma,

Mágoa vazia,

Lágrima perdida,

Escapando num dia,

Distante ferida...

 

Pobre poeta;

Disfarçando a dor,

O livre cometa,

Outrora ardor,

Todavia perdido,

Em tamanho amor...

 

Pobre daqueles;

Que acreditam em vós,

Destino malfadado,

De sofrimento atroz,

Coração despedaçado,

Sem sonho,

Sem voz...

 

Pobre,

Tão pobre,

Ardor meu.

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Comentários recentes

  • Anónimo

    A seguir vem a fogueira e depois a guilhotina...

  • BC

    Sinceramente, não tenho assim tanta fé nesta minha...

  • Isa Nascimento

    Vivem num mundo conturbado, mas mantêm-se otimista...

  • Filipe Vaz Correia

    Minha querida MJP...Beijinhos

  • MJP

    Que assim seja, Filipe...Dia Feliz!Um beijinho

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts recentes

Pesquisar

Calendário

Setembro 2020

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D