Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Apeadeiro da Vida!

Filipe Vaz Correia, 18.04.17

 

Um comboio no apeadeiro;

Um mundo que nos aguarda,

Destino primeiro,

Que de soslaio nos observa,

Pedaço inteiro,

Da nossa caminhada...

 

Uma viagem;

Sem retorno;

Retornando vezes sem conta,

Numa aprendizagem, reencontro,

Com os nossos pecados...

 

Com as duvidas permanentes;

As hesitações constantes,

As encruzilhadas presentes,

Mágoas distantes,

Sempre próximas...

 

E em cada lágrima;

Uma emoção,

Resguardada aprendizagem,

Outra vida, estação,

Renovada carruagem...

 

No apeadeiro da vida.