Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Sporting: A Era Dos "Tótós" Emproados...

Filipe Vaz Correia, 14.02.19

 

Depois de um ataque terrorista, preparado num caldeirão de boçalidade, durante cinco longas épocas, vivemos nos dias que correm em Alvalade...

A Era dos "tótós" emproados.

Um grupo de meninos, bem compostos, com a gravata bem assente e palavras mansas, fundamentados na gritante incompetência que se pavoneia em cada gesto de um treinador.

Mas enfim...

Este grupo de "tótós" sabichões, conhecem o cheiro de balneário, tem cursos de treinador, outros nasceram na amálgama de frustrações das claques e nessa mistura amarraram o clube a este amargar de Alma que sufoca a esperança Leonina.

No caldo de cultura criado em Alvalade, pelo anterior Presidente Bruno Maduro, nasceu a oportunidade para uma certa franja subir ao poder, sem preparação, repletos de frases feitas, que seduziram muitos dos que não percebendo de "bola", votam e decidem os destinos do Clube.

O Sporting, fruto do seu esquizofrénico ADN, está à mercê deste tipo de suicídio, de projecto em projecto, de esperança em esperança, de desilusão em desilusão.

Varandas e os seus, perderam espaço de manobra, num Sporting fracturado, nem tanto pelo poder do anterior Presidente, mas essencialmente pela impreparação e incompetência, que me parece cada vez mais evidente.

No entanto, tenho a certeza que, por entre, a mediocridade sobrevivente no Reino do Leão, assistiremos aos apelos de unidade, às vozes impondo o silêncio, mesmo que caminhemos rumo ao abismo.

Dando tempo ao tempo, da tamanha mediocridade.

Foi assim com Bruno...

Será assim com Varandas.

Simplesmente, porque nenhum deles serve para o cargo.

Mas enfim...

Viva o Sporting.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

2 comentários

Comentar post