Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Só...

 

 

 

Vai tão só,

Tão só de solidão,

Sozinho na imensidão,

Pedaço de dó,

Que doendo sem razão,

Vai escondendo a explicação,

Para a inexplicável desilusão...

 

Vai tão só;

O que anteriormente era esperança,

O que no teu olhar sorria,

No meu se cumpria,

Tamanho destino...

 

Vai tão só;

Que se perdeu,

A intensa chama,

Apagada vontade,

De te voltar a amar...

 

Vai tão só;

Eternamente.