Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Querer Que o Sporting Perca... Jamais!

 

Quem acompanha aqui, o Caneca de Letras, sabe bastante bem o que penso do actual Presidente do Sporting Clube de Portugal...

O meu Sporting.

Sabe bem o quanto discordo da gestão desta direcção, idolatrada por tantos, no entanto, apesar desta minha oposição nas ideias, na forma, na estratégia de Bruno de Carvalho, jamais irei compreender aqueles que preferem a derrota, mesmo que esta contribua para afastar do Clube, este Presidente.

Na minha mente é impensável.

No momento em que o jogo começa, como posso eu torcer para que a bola entre na minha baliza, sem que a alma se contorça, sem que o coração acelere, sem que o menino que um dia fui, não desespere com tal destino...

Como?

Como desejar que a bola nos pés de Gelson, não continue a voar até encontrar uma qualquer cabeça, esventrando a baliza adversária, levantando as vozes de todos nós...

Leões!

Como?

Compreendo desabafos, gritos e irritações...

Aceito, pois é o que faço, que se demonstre a insatisfação, a mesma insatisfação que me leva e levará sempre a escrever, o que dita a minha alma Leonina, mas sempre com o Sporting em primeiro lugar.

Quem deseja que o Sporting perca, dá razão aos dislates de Bruno de Carvalho, alimenta a alucinação constante em que se encontra o actual Presidente do Sporting, joga no mesmo tipo de tabuleiro.

Debata-se os destinos deste nosso Clube, pensemos em soluções para enfrentar Bruno de Carvalho, afirmemos a nossa discordância perante esta boçalização em que caiu o Sporting...

Mas nunca se peça a sua derrota...

Isso nunca!

Querer que o Sporting perca...

Jamais!

 

 

Filipe Vaz Correia