Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Caneca de Letras

25.04.20

359A38D0-AB16-4ED9-9485-07E2D79E175D.jpeg

 

Não tenho nada para escrever...

A folha em branco, aliada à quarentena, calou o escrevinhador sentir deste "Canequiano".

Prosa, Poesia...

Nada.

Uma frase, uma palavra, nada se liberta deste sentir meu, neste entrelaçado caminho que percorro vezes sem conta por estas linhas, nesta Caneca, através de tantas e tantas letras.

Como pode viver uma Caneca vazia de letras?

Amarrada à momentânea falta de inspiração do seu autor...

Quem gosta desta Caneca, mesmo que de mansinho, escreva um comentário neste texto, como se de um quadro de lousa se tratasse, com giz...

Para a semana tentarei escrever um texto, uma poesia, que entrelaçará o conjunto dos comentários  expressos neste dia.

E se não existirem comentários?

Sobrará sempre a folha em branco, essa ausência de inspiração, que deu vida a esta triste ideia.

Em prosa ou em poesia, não hesitem...

É só escrever.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

 

 

23 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub