Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Luís Figo A Presidente?

 

Luís Figo mostrou disponibilidade para se candidatar à Presidência do Sporting...

Noticia esta que traz consigo uma novidade, mesmo que de forma ambígua, ou seja, de colocar em viva voz esta intenção do antigo jogador do SCP.

Figo é um nome que divide os Sportinguistas, muitos deles amarrados a atitudes emocionais, característica que em Luís Figo é pouco notada, em gestos e momentos que fazem duvidar alguns adeptos.

Não a mim, muito sinceramente...

Aliás surpreende-me quem questiona a seriedade de Figo mas acreditou em Bruno de Carvalho, quem questiona a capacidade de Figo para gerir mas viu essa mesma qualidade em Bruno de Carvalho, quem teme aqueles que possam acompanhar o antigo Bola de Ouro, apesar de estarmos, actualmente, reféns de uma quadrilha profissional.

Recordo-me de Figo desde os seus primeiros tempos em Alvalade, na primeira equipa, os primeiros toques, as primeiras fintas, os primeiros assobios...

Momentos em que o admirei, outros em que senti a distância própria de um desesperançado Leão, no entanto, reconheço-lhe duas coisas:

Em primeiro lugar, o seu lado vencedor, a sua capacidade de ganhar em todos os projectos onde entra, daí a sua necessidade de saber bem tudo o que se esconde dentro do Clube, e sendo Bruno de Carvalho o Presidente, é capaz de ser uma premissa bastante pertinente...

Em segundo lugar, o seu Sportinguismo, questionado por tantos, mas no qual acredito.

Figo poderá ser o caminho mais rápido para a estabilidade e credibilidade perdida, pois através do seu nome, muitos daqueles que hoje hesitam crer num projecto Leonino, poderão facilmente voltar a acreditar num futuro ganhador, ao mesmo tempo que através da sua personalidade pouco bélica, calma, poderá aportar a tranquilidade necessária para se construir um projecto sustentado no Reino do Leão.

Por tudo isto, vejo em Figo uma boa solução para a recuperação da Nação Leonina e para criar as bases necessárias para voltarmos a sorrir.

Viva o Sporting

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

 

2 comentários

Comentar post