Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

No Fundo Da Alma!

Filipe Vaz Correia, 20.12.17

 

 

 

Olha bem no fundo da alma;

Dessa alma desamparada,

Vislumbra aquele pedacinho,

Pedaço de nada,

Que de mansinho,

Respira...

 

Olha bem no fundo da alma;

Dessa parte despedaçada,

Pincelada desiludida,

Numa pintura desanimada,

Sem cor...

 

Olha bem no fundo da alma;

Lá no fundo, bem escondida,

Buscando a esperança,

Há muito perdida,

Em mim...

 

Olha bem no fundo da alma;

Lá no fundo...

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.