Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

29
Mar17

Mesmo...

Filipe Vaz Correia

 

Mesmo que o céu caia sobre nós;

Colocar-me-ei sobre ti,

Mesmo que as estradas desabem,

Carregar-te-ei ao colo,

Mesmo que o mar engula o horizonte,

Nadarei contigo nos meus braços,

Mesmo que o vento se revolte,

Com a minha alma proteger-te-ei...

 

Mesmo que a vida nos separe;

Romperei barreiras para segurar-te,

Com as mãos,

Nos meus braços,

No meu querer,

Como te quero...

 

Mesmo que a lua colida com a terra;

Que o sol imploda,

Mesmo que o mundo acabe,

Ter-te-ei em mim...

 

Mesmo que a morte te queira;

Mesmo assim meu amor,

Percorrerei a eternidade,

Só para te encontrar...

 

E quando pela primeira vez, olhares;

Lá estarei...

 

Noutra vida, noutro momento;

Lá estarei...

 

Porque mesmo sem te ver;

Mesmo se tudo falhar,

Será preciso mil vezes morrer,

Para deixar de te amar.

 

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Comentários recentes

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Calendário

Março 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D