Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

E Depois De José Peseiro?

 

José Peseiro foi despedido...

Ao contrário do que foi escrito, não foi nesta madrugada que isso aconteceu mas sim nas páginas do Jornal Expresso, de forma indirecta mas sonora.

A derrota com o Estoril, foi apenas uma simpática desculpa para a execução do plano Presidencial.

Perguntarão...

Peseiro estava a fazer um bom trabalho?

Não.

Infelizmente este José  Peseiro, que pela segunda vez passa por Alvalade, mostrou-se "pequenino", medroso, incapaz de motivar equipa e adeptos ou apostar em jovens jogadores.

O oposto do que tinha feito, anteriormente, no Sporting.

Dito assim, não me surpreende o despedimento de Peseiro, aliás, ontem enquanto sentado me encontrava nas bancadas do Estádio José  de Alvalade, várias foram as vezes em que isso me passou pela cabeça...

No entanto, uma nota é preciso tomar:

A Presidência de Frederico Varandas começará, efectivamente, neste dia, com este despedimento.

Mesmo com a equipa a jogar de forma medíocre, Peseiro deixa o Sporting a dois pontos da liderança do Campeonato, em segundo na Liga Europa, na Taça de Portugal e, dependendo de si, na Taça Lucílio Baptista...

As consequências deste despedimento recairão sobre Frederico Varandas e sobre esta sua decisão.

Quanto a nomes, eliminando o inverosímil Leonardo Jardim, oiço falar em Paulo Sousa, Miguel Cardoso, Rui Faria...

Apenas uma coisa:

Para Paulo Sousa, deixem ficar o Tiago Fernandes.

O nome que gostaria?

Rui Jorge.

Com tempo e projecto, apoiado por uma liderança que não esteja nas mãos de uma claque, poderá transformar este Clube.

Pedirei muito?

Talvez...

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

  

3 comentários

Comentar post