Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Dor Catalã...

Filipe Vaz Correia, 18.08.17

 

 

 

Pedaços de gente;

Espalhados pela rua,

Vidas inocentes,

Tristeza crua,

Olhar descrente,

Da alma nua,

Ali esventrada...

 

Choro e lágrimas;

Desespero e sofrimento,

Gritos repletos de dor,

Vozes de tormento,

Num interminável ardor,

Sem fim...

 

Nas calles de Barcelona;

Por entre as pinturas de Miró,

Silencia-se por um instante,

O rebuliço constante,

De todos nós...

 

E em cada pintura;

Pincelada no coração,

Vai ficando a amargura,

Desse horror Catalão,

Que nos pertencerá,

Eternamente.

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.