Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Dois Anos De Viagem Na "Minha" Caneca...

 

O Caneca de Letras faz hoje dois anos...

Dois anos de uma imensa partilha, opinião, desbragada imaginação que se permite voar, por entre, as linhas deste "cantinho".

Neste "cantinho" de poesia e prosa, de desabafos e amores, de lágrimas e sorrisos, de tudos e nadas, vai sobrando o contentamento maior de escrever...

Escrever é uma das minhas paixões, ensinamento que herdei de minha Mãe e talvez por isso, de cada vez que escrevo me sinto mais perto dela, mais aconchegado, em contraponto, com a maldita saudade que a minha alma corrói.

Neste entrelaçar de uma viagem, não posso deixar de aqui salientar pessoas que entraram na minha vida, através do Caneca de Letras, e que fazem parte deste destino carregado de palavras...

Terminatora, A Desconhecida, A Rapariga do Autocarro, Ana, Francisco Laranjeira, O Último Fecha A Porta, Anjinho, DC, Jaime Bessa, Beia Folques, Tudo Mesmo, A Gaivota Azul, Robinson Kanes, Triptofano, Equipa Sapo, Pedro Neves, etc...

Obrigado a todos os que por aqui passam e perdem um pouco do seu tempo, nesta partilha comum.

Que venham mais anos...

Para terminar, não posso deixar de falar no meu querido Tio Jaime, o seguidor número um do Caneca de Letras.

Há um ano atrás,  ainda os dias eram de alegria, longe de podermos imaginar que a penumbra chegaria...

Mas aqui o Tio será  eterno, como eterna será  em mim, a recordação que de si guardo.

Dois anos, de muitos mais...

Se Deus quiser.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

 

 

 

29 comentários

Comentar post

Pág. 1/2