Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

06
Nov19

Costa E Centeno: Amigos Para Sempre?

Filipe Vaz Correia

 

Marques Mendes aludiu no seu comentário semanal a um confronto entre António Costa e Mário Centeno...

Em primeiro lugar não sou daqueles que levam muito a sério o que debita o comentador Mendes, muito menos costumo escrever sobre as suas palavras, no entanto, vou abrir uma excepção.

Porquê?

Pela singela razão de que, neste caso, nem seriam necessárias as palavras do comentador Mendes para se perceber que de facto existe um problema neste Governo Socialista.

A nova composição Governativa dá nota de uma despromoção do Ministro das Finanças no organograma do Governo, ao invés de Mariana Vieira da Silva e Pedro Siza Vieira.

Ora bem, como qualquer pessoa que acompanha esta Caneca saberá, eu não sou eleitor Socialista, antes pelo contrário, sou um convicto Conservador de Direita, como um dia aqui escrevi, um Conservador Humanista, perdido por entre as vicissitudes do PPD/PSD...

Porém, avaliar o Governo é avaliar quem nos dirige, quem comanda os destinos da Nação, e por isso não posso deixar de estar atento a estas movimentações que surgem em pano de fundo.

Mário Centeno foi uma agradável surpresa, para mim, que sempre desconfiei do actual Ministro das Finanças, aliás julgo mesmo ter sido este Ministro o travão aos desmandos da esquerda mais radical nos anos da “famosa” Geringonça...

Um Ministro das Finanças de um Governo Socialista que apresenta as contas acertadas, gostemos ou não do método, é por si só, tendo em conta a História, um motivo de estupefacção.

Por isso a minha preocupação com estes rumores que nos chegam, esta aparente divergência entre Costa e Centeno.

Se o actual Ministro das Finanças sair, temo que se regresse ao tempo onde os Socialistas, em rédea solta, voltarão a atirar a Nação para o lugar que tantas vezes relegaram...

A famosa “Tanga” ou “Bancarrota”.

Assim, julgo que importa acompanhar este movimento dentro do actual Governo, atentando aos sinais, às palavras, às frases.

Já estou a imaginar novos Parques Escolares, TGV, Aeroportos à discrição ou festas Autárquicas a rodos...

Que Deus nos proteja!

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

3 comentários

  • Imagem de perfil

    Filipe Vaz Correia 07.11.2019

    Meu caro Vorph Valknut...
    O PS de Esquerda radical?
    Não deve ter lido bem o que escrevi, recomendo-lhe nova leitura.
    Estamos de acordo, (salut), no “pormenor” de Mário Centeno ter sido despromovido, o que seja lá a justificação que encontrar é no mínimo constrangedoramente perturbador.
    Quanto ao seu esforço de explicar que as crises (FMI) não foram culpa dos Socialistas, a crise externa e o blá, blá, blá, da narrativa socrática, não encontra neste Canequiano uma grande contestação...
    O que expressei é o que se encontra para lá das crises exteriores, ou seja, o típico despesismo de Governos Socialistas, como por exemplo o de Guterres que não chamou o FMI mas deixou o País num pântano, palavras do próprio por isso se quiser debater, fale com o actual SG da ONU.
    Quanto á discussão sobre o Conservador Humanista...
    Não vejo qual é o problema de assim me considerar, ou seja alguém que sendo conservador na generalidade dos seus valores e princípios, de formação cristã, tem feito um esforço para agregar às suas considerações um ponto vista mais “humanitário”, mais flexível de acordo com os desafios da actualidade.
    Marcelo é um bom exemplo do que eu chamo de Conservador Humanista.
    Percebeu?
    Não...
    Ah, fez muito bem ter votado no Rio mas não sei se sabe que ao tomar essa decisão acabou por também votar no PPD/PSD.
    Olhe que sim...
    Era esse o símbolo no lugar onde pôs a cruzinha.
    Um abraço
  • Engana - se, Guterres saiu devido ao pântano em que se estava a transformar o PS. Marcelo é um populista, benigno, mas não é um conservador, nem é um liberal. É um tutti frutti (ex: concordou com a adopção de crianças por casais do mesmo sexo " "O que interessa hoje na adopção é a protecção da criança. Desde que esteja garantido do ponto de vista técnico que a criança tem os seus direitos salvaguardados, não interessa que seja um adoptante, dois adoptantes, um casal do mesmo sexo ou de sexo diferente, isso é irrelevante").

    Quanto ao PSD, existem por lá várias facções, incluindo gente reaccionária e da maçonaria. Eu votei na Social Democracia, do Partido, porque mais do que as siglas, ou os símbolos, são os líderes que fazem os Partido.

    Quanto às bancarrotas obviamente que existem também causas internas, que se bem interpretadas se estendem até aos finais da Monarquia (O Reino de Portugal ficou na bancarrota nos finais de XIX) e à Primeira República. Portugal nunca saiu do penico.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Comentários recentes

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Posts destacados

    Pesquisar

    Calendário

    Novembro 2019

    D S T Q Q S S
    12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930

    Arquivo

      1. 2021
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2020
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2019
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2018
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2017
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2016
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D

    Em destaque no SAPO Blogs
    pub