Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Carta De Amor!

 

 

 

Não serei capaz de esquecer;

O que precisa ser esquecido,

Um desmedido querer,

Ardor sentido,

Intenso bater,

Sentir ferido,

Do meu coração...

 

Não consigo disfarçar;

Essa espécie de lágrima,

Ardente magoar,

Da alma despedaçada,

Que despedaçadamente,

Se entrelaça,

Em mim...

 

Não te irei mais dizer;

O que soletrado em segredo,

Se perdeu nesse sofrer,

Por entre o magoado tempo...

 

E assim discretamente;

Num adeus tão dolorido,

Findou esse amor,

Que prometeu ser vivido,

Sem fim.