Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Bruno E Os Seus Alegres Companheiros...

 

Ainda não se demitiu?

Será que ainda não?

Esta pergunta inquietava a mente de todos os Leões com quem ao longo do dia fui falando, de todos os Sportinguistas que vezes sem conta fui escutando...

A dor que invade a alma Leonina, é reflectida na estupefacção com que se vai revelando a dimensão do conflito existente intra-muros de Alvalade.

Bruno não se demitiu nem o deverá fazer por sua livre vontade, pois depende deste trabalho para sobreviver, assim como, os senhores que o acompanham nesta jornada suicida.

Eles bem sabem, bem sabem...

Bem sabem que Bruno é a sua única garantia, para a continuidade dessas chorudas remunerações, jamais conseguidas por eles, em qualquer outro lugar.

Nós também sabemos...

Abomino todos, desconfio de todos eles.

É esta gente que controla a vida do meu Sporting, 8 personalidades sem história, interligadas a este líder tóxico, capazes de tudo para sobreviverem, mesmo que para isso seja necessário sacrificar o clube.

Não consigo deixar de gritar a minha vergonha, ao mesmo tempo revolta, pincelada com a desamparada frustração que não cala...

Não matem o meu clube, não destruam o meu Sporting.

Bruno para a rua!

 

Filipe Vaz Correia