Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Auto-Mutilação...

Filipe Vaz Correia, 11.05.17

 

 

 

Uma pequena cicatriz;

Reflexo da minha dor,

Recordação do que fiz,

Nesse dia de horror,

Que desconhecendo, quis,

Prendendo-me àquele ardor,

Que me alivia...

 

Um desabafo em segredo;

Marcado em cada braço,

Libertando esse medo,

Esse pequeno traço,

Da minha angústia...

 

E a cada mutilação;

Auto-infligida,

Procuro mentir ao coração;

Expiando nessa ferida,

A desilusão,

Que me atormenta.

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.