Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Até Sempre...

 

 

 

Foi passando o tempo;

Como se voasse do lado de fora da janela,

Pedaços de entretanto,

Com cheiro a canela,

Memórias de espanto,

Recordações sem fim...

 

Foi se escapando o momento;

Levemente sem avisar,

Que seria para sempre esse sofrimento,

Que insiste em voltar...

 

Palavras entregues ao vento;

Numa timidez envergonhada,

De mãos dadas,

Entrelaçadas...

 

Como se fosse eternizar;

Sabiamente,

Num singelo abraço,

Tudo o que vivemos.