Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Amor Perdido...

Filipe Vaz Correia, 03.12.17

 

 

 

No fundo da tristeza;

Onde mora parte de mim,

Mora também a incerteza,

Mágoa sem fim,

Da alma...

 

Lá no fundo do olhar;

Onde respira essa emoção,

Pedaço desse amar,

Que fez refém o meu coração,

De ti...

 

E vai batendo a triste melodia;

Por entre a torpe dor,

Vai desaparecendo a poesia,

De tão ausente amor.

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.