Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

25
Set17

Alma...

Filipe Vaz Correia

 

 

 

Silêncios ruidosos;

Ruidosos vazios,

Vazios repletos,

De repletos desafios,

Desafiando inquietos,

Inquietos arrepios,

Arrepiantes e incertos,

Como lágrimas num rio,

Que corre desperto,

Desaguando sobre a tristeza,

Que não desejo calar...

 

Vai então caminhando;

Pelo caminho o tempo,

A dor serenando,
Afagando o tormento,

Aquela saudade disfarçando,

Acalmando o sofrimento,

Discretamente viajando,

Através da alma...

 

Sempre a alma;

Somente a alma,

Intensamente a alma,

Que me pertence,

Mas que eternamente,

Será também,

Tua.

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Comentários recentes

  • Anónimo

    Foi bonita a festa, páFiquei contenteAinda guardo ...

  • frar

    OS AFRICANOS ESTÃO-SE A CAGAR PARA O EUROPEU-DO-SI...

  • Filipe Vaz Correia

    Meu caro Anónimo...Não será ao contrário?Um abraço

  • Anónimo

    LIVROS & JORNAIS - Vários estudos, entre eles u...

  • Anónimo

    A seguir vem a fogueira e depois a guilhotina...

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Calendário

Setembro 2017

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D