Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

10
Fev19

A Lua Ao Luar

Filipe Vaz Correia

 

A doce inspiração que me foge no breu da noite, por entre, as estrelas, as nuvens, a imensidão.

Num silêncio destemido, quase usurpador, se vão escrevendo sem versos, as entrelaçadas mágoas de um texto...

Um texto meio desarranjado, repartido em sentidos sofrimentos, em pequenos compartimentos, de carregados tormentos, contados ao vento que não pára de soprar.

Mas o ardor não tem velas e por mais que o vento sopre, mais ele fica, se entranha, mais se faz valer essa espécie de destempero que amargura.

Sabe lá o tempo, as angústias que no destino se cumprem, pinceladas de cor, esbatidas em cada tela de uma vida.

Caminhando nessa viagem, sob a imensidão do céu...

Busco a inspiração para a tamanha contradição, por entre, as estrelas, as nuvens, a imensidão...

E a lua, secretamente despida, alumiando as feridas que somente ao luar sobressaem.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Comentários recentes

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Calendário

Fevereiro 2019

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D