Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

05
Ago19

A Maior Vergonha De Um Leão!

Filipe Vaz Correia

 

Esta foi uma das maiores vergonhas, enquanto Sportinguista, da minha vida.

Poderia perder tempo a disfarçar a angústia que me invade, buscando o politicamente correcto que nos dias que correm são o mais indicado.

Não o quero fazer!

O jogo do Algarve...

Perdão, estou sem palavras...

Este jogo é a demonstração da falência do sistema, desse pensamento bacoco que guia os "iluminados" que nos lideram.

Este Sporting está mal delineado, mal liderado, mal desenhado, assente em frases ocas, de mentores vazios que excitam alguns, amarrados aos sonhos que não chegam.

Bruno de Carvalho nunca seria a solução, aliás estive na sua oposição desde a primeira hora, no entanto, este Presidente, este caminho, não corresponde à solução para tamanha agrura.

Rafael Camacho ou Valentin Rosier?

Doumbia?

Eduardo?

Neto????

Repito...

Neto?

Estamos entregues a especialistas do Football Manager ou a um antigo adjunto de Jorge Jesus, acreditando num mundo mirífico que, infelizmente, não chegará.

Vietto, contratado por 15 Milhões de Euros, pelo menos foi esta a avaliação, nem sequer chegou a entrar no jogo, talvez devido às suas miseráveis exibições, o que não pode ser estranho sendo o Argentino avançado centro, passando a pré-época a jogar a extremo esquerdo.

Keiser manteve-se imperturbável, contrastando com a cara de Thierry Correia ou Luís Maximiniano, mas nada disso importará, tendo em conta, a qualidade do treinador.

Uma questão:

Será o jogador, Restaurador Olex, Doumbia melhor do que Daniel Bragança?

Claro que sim...

Bragança foi formado em Alcochete.

Estou triste!

Nesta tristeza Leonina que permite o desabafo, neste entrelaçar amargurado que me permite gritar o que dita a  alma...

Um novo dia, um novo rumo, uma nova direcção.

Com estas Varandas e os seus apaniguados não construiremos o futuro que tanto almejamos.

Isso é certo para mim.

Ver Vieira na flash interview a declarar o Sporting Clube de Portugal candidato ao título, enquanto, Frederico Varandas, ali esteve, a falar de uma putativa agressão a um director do Sporting, encerra muito do que nos corrói.

Que tristeza!

 

Filipe Vaz Correia

 

 

15
Mai19

Sporting: Um Ano Depois...

Filipe Vaz Correia

 

Faz hoje um ano que um bando de energúmenos invadiu a Academia de Alcochete, perpetrando um dos actos mais vergonhosos da História do futebol mundial.

O Sporting, sequestrado por um Presidente louco, apoiado durante anos pelas massas sedentas de vitórias, vivia por essa altura o expoente máximo de um tempo sem lei...

Dias cinzentos que ameaçavam a rica História Leonina, longe de podermos imaginar os contornos violentos e obscuros que ganhariam vida nesse malfadado dia 15 de Maio de 2018.

Muitos anunciaram um tempo de deserto para o "meu" querido Sporting, um período nublado para a alma verde e branca que acalenta cada um de nós, adeptos Sportinguistas.

Um ano depois estamos vivos, bem vivos...

A equipa de futebol venceu a Taça da Liga, pode vencer a Taça de Portugal, lutando neste campeonato da vergonha por uma digna classificação.

Títulos Europeus resgatados pela equipa de Hóquei em Patins e Futsal, uma vitalidade há muito perdida e que parece voltar a surgir no horizonte Leonino.

Nunca fui um apoiante do actual Presidente, continuo duvidando das suas escolhas e trilhos mas faço gosto em reconhecer a diferença...

Frederico Varandas poderá ser mais ou menos competente, veremos quando for altura de ser avaliado, no entanto, é educado, institucionalmente irrepreensível, sabe respeitar a História do nosso Clube, com todos os predicados que a mesma incluí.

Por tudo isto, congratulo-me por este dia, pelo ressurgir de um certo orgulho e de uma forma de estar, buscando recuperar a formação ou sarando feridas abertas de forma populista e irresponsável pelo boçal que o antecedeu.

Assim, recordemos este dia como forma de nunca mais repetirmos tamanho erro...

O erro de uma escolha violenta e extremista.

Viva o Sporting

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

02
Fev19

A Entrevista Do Presidente Varandas...

Filipe Vaz Correia

 

Frederico Varandas deu uma entrevista à RTP...

Dessa entrevista retive algumas frases, um tanto ou quanto desconexas, algumas ideias, não muitas, e uma imensa estupefacção, totalmente minha.

Varandas manteve o seu registo, desligado de empatia, acredito que não por defeito mas sim por feitio, meio perdido, gago, desesperançado.

Num estilo tipo "Alice no país das maravilhosas arbitragens", quase um Presidente da APAF, Varandas não só desculpabilizou as arbitragens que nos condicionaram, como aquelas que nos possam vir a condicionar, reduzindo a "nossa" margem de manobra numa futura contestação Sportinguista, aquando desses supostos "roubos".

Mas Varandas ainda não viu o Sporting ser prejudicado esta época, presumo que esteve ausente de Setúbal.

Espero que a equipe de Futebol não veja esta entrevista, antes do jogo com o Benfica, pois as suas considerações sobre este "plantel de reduzida qualidade", palavras suas, em nada deverão acrescentar motivação.

Quanto aos meninos de Alcochete, entre os 18 e os 23 anos, ficaram a saber que existe um Gap de qualidade, quase uma ausência de talento da sua geração, o que explica os "homicídios" de Jovane e Miguel Luís, assim como, a não aposta em Thierry Correia, Luís Maximiniano, Elvis Baldé ou Daniel Bragança.

Será irónico perceber que três destes meninos, são Bi-Campeões da Europa.

Mas enfim...

Ficamos a saber que a pirâmide profissional da sua equipe é do melhor que há, entre eles,  Raul José e Miguel Quaresma, gente que acompanhou Jesus, nesse anterior período de sucesso da História do SCP.

Venceram, durante três anos, uma Supertaça e uma Taça da Liga...

Taça da Liga que parece, neste tempo, ser muito valorizada por esta direcção.

Assim me encontro, desencantado, neste direito que me assiste, como dono da minha opinião, acautelando-me dos "carneiros" que seguem criticando aqueles que ousam discordar, raciocinando e olhando por outros caminhos...

Direi que nem Varandas, nem Keiser, me parecem capazes de guiar o Sporting pelo rumo certo, no entanto, quando a bola começar a rolar, serei apenas mais um, desejando que este Presidente, como qualquer outro, seja sempre ganhador.

Viva o Sporting

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

30
Set18

Nani: O Proscrito...

Filipe Vaz Correia

 

Mas porque razão tem o Sporting de ser autofágico?

A Historia repete se e não muda essa autofagia Leonina.

É com lástima que assisto a este caso Nani, em praça publica, ao desperdiçar do talento, da magia e acima de tudo, do exemplo...

O mesmo Nani que tem dado em campo assistências, golos e dedicação.

Tenho feito um esforço para não criticar Presidente e Treinador, atendendo ao momento que o Clube passa e passou, no entanto, este empolar do que se passou em Braga com o Capitão Nani, irrita a minha alma Leonina.

Ate já vi compararem este caso, com o que de Rochemback, nos idos de 2005...

Por favor!

Tenham lá Santa Paciência.

Olhar para o relvado e observar o exemplo e ênfase que se dá a jogadores, atenção que admiro e defendo, mas que tiveram atitudes que Nani nunca teve para com o Sporting Clube de Portugal, deixa-me abismado.

Nani nunca rescindiu contrato, não confrontou o treinador, não pediu para sair ou faltou a qualquer treino, simplesmente regressou depois de mais uma aventura Europeia, pela segunda vez, ao seu clube do coração...

Recordo-me ainda do tempo em que foi vendido ao Manchester United, acima da clausula de rescisão, por intervenção directa do próprio jogador que ao invés de fazer chantagem para sair se manteve ao lado do seu Clube de menino, segundo foi relatado na altura por vários intervenientes do negócio.

Amarrar-se um gesto em forma de desabafo, exclamado no meio do relvado, solitariamente, a um caso de proporções inimagináveis, é no mínimo, uma gigantesca falta de bom senso de todos os que compõem a estrutura Leonina.

Peseiro agiganta-se falando, desta situação, na conferência de imprensa de antecipação da jornada, dando assim dimensão a algo que deveria estar trancado e resolvido no balneário.

Dizer agora que é do foro interno...

Depois de ter falado publicamente disto é, no mínimo, patético e despropositado.

Faltou, uma vez mais, competência no Reino do Leão, esperando eu que este seja apenas um erro de primeira viagem para a equipa liderada pelo Presidente Varandas, pois caso contrario,  não augura nada de bom.

Quanto ao proscrito Nani, o "meu" Capitão, espero que volte ao relvado, pegue na bola e num segundo de fantasia responda bem alto...

Com o seu "Coração de Leão".

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

28
Ago18

Varandas E Silveira: Os Dois Rostos Da Mesma Moeda...

Filipe Vaz Correia

 

Parece que voltámos atrás no tempo...

Ao ouvir o áudio de Pedro Silveira, personagem da Lista de Frederico Varandas, voltou à minha alma os dias em que tinha de ouvir Bruno e os seus apoiantes.

Será gente deste calibre que queremos à frente do nosso Sporting?

A vergonha que senti, nada inferior àquela que sinto ao ver alguns dos seus apoiantes a tentarem desculpar esta incredibilidade, amarra os meus medos a Alcochete, à garagem do Estádio de Alvalade, aos posts no Facebook, às ameaças no aeroporto...

É o mesmo tipo de pessoas, de gentalha que parece se ter apoderado do Sporting Clube de Portugal.

Se questões houvessem sobre o que poderá valer o senhor capitão, médico, scouting, marketeer, fisioterapeuta, preparador físico, treinador...

Se duvidas subsistissem, este áudio vem esclarecer todas elas.

Frederico Varandas é um demagogo capaz de se rodear de tudo e de todos, dos mesmos que um dia acompanharam Bruno, o bajularam, o idolatraram e agora cospem no seu legado...

Frederico é o rosto frouxo e infantil de um máquina Gestapiana que outrora acompanhou Bruno de Carvalho, com os mesmos tiques autoritários, as mesmas frases, em privado, ameaçadoras, o mesmo sentido execrável do que é Ser Sporting.

Ninguém poderá dizer, depois disto, que não sabia ao que vinha o novo "pequeno líder" e a sua entourage.

Viva o Sporting Clube de Portugal.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

21
Ago18

Frederico Varandas: O Sabichão...

Filipe Vaz Correia

 

Não deixarei de aqui referir o que me dita a alma sobre o "Caríssimo" Frederico Varandas...

Um Sabichão.

É esta a primeira e recorrente impressão que deixa, debate após debate, palavra após palavra...

Ele sabe tudo desde o futebol até ao scouting, do equipamento até ao marketing, da comunicação até à gestão empresarial, da liderança até ao mais profundo segredo da Alma Leonina.

Sabe tudo e tudo sabe.

Frederico tem um curso de treinador o que lhe permitirá entender de tudo aquilo que envolve o métier futebolístico, tem experiência na "tropa" que lhe permitirá abraçar este projecto como se estivesse no "Afeganistão"...

O que não tem Frederico Varandas, essa partícula de perfeição através do olhar do próprio "Frederico Varandas"?

Não consigo ouvir mais o auto-elogio, a egocêntrica expressão misturada com uma pequena petulância que de certa medida recorda o jovem Bruno de Carvalho...

E isso é deveras assustador.

Frederico é um Bruno só que mais polido, mais sonso, capaz de dissimular um pouco a sua egocêntrica relação com a forma como se vê a ele próprio...

É apenas essa a diferença.

Debate após debate, de momento em momento, mais cresce a minha convicção de que esta solução, Varandas, é mesmo aquela que tem de a todo o custo ser evitada...

Pois desconfio sempre daqueles que sabendo tudo se apressam a recordar-nos esse facto a todo o instante.

E para Sabichão já nos bastou o Bruno.

Viva o Sporting.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Comentários recentes

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Calendário

Janeiro 2020

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D