Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

26
Mai18

Liga Dos Campeões: Venceram Os Adeptos Do Liverpool...

Filipe Vaz Correia

 

O Real Madrid ganhou mais uma Liga dos Campeões, juntando Ronaldo mais um troféu desta competição à sua lista de vitórias.

Uma final repleta de ilusões e desilusões, de suspense e dramas, de emoção e comprometimento...

Grande golo de Gareth Bale, tristezas para Salah e Carvajal, desespero e falhanços que marcariam esta partida de futebol.

Mas nada se poderá comparar aos momentos que envolveram Lukas Karius, o guarda-redes do Liverpool, marcado eternamente por dois trágicos erros que ditaram indelevelmente esta derrota dos homens de Jurgen Klopp.

No entanto, ver naquele palco, os adeptos do Liverpool a cantar e apoiar a equipa, todos sem excepção, após o segundo frango da noite, representou o melhor que o futebol pode conter, demonstrando que nas derrotas poderemos encontrar dignidade, glória, respeito e nobreza.

Nesse momento imaginei o que seria se o guarda-redes fosse Rui Patrício, se a equipa fosse o "meu" Sporting e o Presidente Bruno de Carvalho...

O que seria?

Insultos, certamente agressões, definitivamente um cenário degradante.

É com tristeza que o escrevo mas não pude deixar de sentir esta emoção, este sentido de apreço por aqueles adeptos, pela grandeza inerente às suas vozes, aos seus gritos, aos seus gestos...

Num Clube, que um dia foi responsável por uma das maiores tragédias da história do futebol, aquela final da Taça dos Campeões Europeus, onde morreram centenas de Italianos da Juventus, é absolutamente dignificante a mudança de mentalidades no futebol Inglês.

Espero um dia poder escrever estas palavras sobre o Sporting e o momento actual no Futebol Português...

Mas para isso, muito terá de mudar, a começar pelos dirigentes responsáveis por tamanha belicosidade vigente neste nosso futebol.

Parabéns Liverpool, pois apesar de terem perdido uma final, venceram na dignificação deste desporto que todos amamos.

Viva os adeptos do Liverpool.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

15
Mar18

O Gesto Emocionante De Gigi Buffon...

Filipe Vaz Correia

 

Às vezes na vida a dor supera qualquer imaginação, esmaga a estúpida noção de imortalidade que a todos, em algum momento, assola...

Durante estes dias, a todos chocou a noticia da morte de David Astori, deixando adeptos e colegas entregues a essa inevitabilidade que queremos esquecer.

No meio desta tragédia, de tantas e tantas demonstrações de amizade e grandeza, uma delas me emocionou...

Gigi Buffon.

Sempre admirei o guarda-redes do Parma e depois da Juventus, pelas suas qualidades como jogador, como líder, como um gigante que perdurará eternamente na história do jogo, assim como, Zoff, Schmeichel, Pfaff, Dassaev, Yashin, entre outros.

No entanto, é enquanto homem que aqui presto a minha homenagem a Buffon,  nessa definição de carácter, que permite distinguir os grandes dos que não o são.

A história é simples:

Buffon jogando na véspera, um jogo da Liga dos Campeões em Londres, fretou um avião para poder estar no dia seguinte em Florença no enterro do malogrado, Capitão da Fiorentina...

Avisou os seus colegas de equipa, alertando-os para estarem preparados às 4h30 da manhã, de forma a poderem chegar a horas, àquela triste despedida...

Assim o fizeram.

Chegados a Florença, tudo estava preparado para que Gigi Buffon entrasse na Igreja por uma porta lateral, devido ao perigo que advinha dessa rivalidade existente entre Juventus e Fiorentina...

Mas Buffon recusou.

O Capitão da Juventus decidiu entrar pela porta principal, prestando homenagem e solidariedade aos adeptos da Fiorentina e a toda a cidade de Florença.

Meu Deus...

Gigi Buffon emocionou o mundo de futebol, num gesto de nobreza, que em primeiro lugar apenas dignifica a memória daquele amigo de quem se despediu...

David Astori.

Por vezes no futebol, não é a bola o mais importante...

E  Buffon provou-o.

Mais do que o grandíssimo guarda-redes que foi ou é, sempre recordarei Buffon, pelo imenso Ser Humano que demonstrou ser.

 

 

 Filipe Vaz Correia

 

 

 

 

 

18
Fev18

Sporting: Venceu O Populismo!

Filipe Vaz Correia

 

Bruno de Carvalho venceu, em toda a linha, a Assembleia Geral do Sporting, tendo conseguido a aprovação dos três pontos por ele exigidos, com números a rondar os 90%...

Uma vitória inegável.

Os Sócios Leoninos que se deslocaram ao Pavilhão João Rocha, decidiram aprovar a forma e o estilo, a governação e o seus desmandos.

Aprovaram tudo, não se podendo mais desresponsabilizar deste caminho.

Numa Era Brunista, assistimos hoje a um repetir de outras intervenções, por parte do Presidente, incendiando o ambiente, acentuando clivagens, buscando inimigos para ostracizar...

Desde Carlos Severino a Rogério Alves, passando pela família Rocha, os filhos deste, com particular atenção para Maggie Rocha.

Não só, este discurso, me pareceu estúpido como até incompreensível, porém nada surpreendente para a personagem paranóica do Presidente do Sporting.

O que Bruno Carvalho tentou e conseguiu fazer, foi criar um cenário de perseguição, aliás visível na tentativa de agressão a Carlos Severino, que teve de sair escoltado pela PSP, perseguido por Sócios Leoninos.

Uma tristeza...

Uma vergonha.

Mas é frequente nestes regimes absolutistas, dirigidos por ditadores bacocos, centrados no seu umbigo e acompanhado ordenadamente por um rebanho de seguidores.

O Sporting e a maioria dos seus Sócios, aprovaram todos os pontos exigidos pelo seu "Querido Líder", afunilando a alma democrática e entregando-se aos desmandos de um singelo demagogo.

Bruno definiu-se como um populista, talvez a única vez em que estive de acordo com ele, apenas divergindo no interpretativo significado que decidiu dar à palavra.

Bruno é populista e isso para mim não é um elogio.

Estou triste...

Tristemente preocupado com o futuro do Sporting, deste meu Sporting perdido, por entre estes tiques autoritários carregados de brejeirice.

As tentativas de agressão a Carlos Severino e aos Jornalistas que cobriam a A.G., não podem ser dissociadas das palavras incendiárias de Bruno de Carvalho...

Das constantes palavras de confronto.

O futuro será assim, certamente, mais difícil para aqueles que corajosamente fazem o favor de pensar pela sua cabeça, de se levantar sem temer, de dizer sem pedir licença.

Nunca gostei particularmente de Carlos Severino, nunca o considerei com perfil para Presidente, no entanto, a coragem demonstrada nesta A.G., tendo comparecido, mesmo sabendo o que lhe esperava, merece de mim uma sincera admiração.

O Sporting está transformado numa pequena ditadura, com votações condizentes com esses Países e Regimes, repletos de uivos ensurdecedores em honra do seu iluminado Líder.

Bruno venceu, para regozijo do seu ego...

Mas talvez tenha perdido o Sporting e a sua nobre História.

E agora todos a sair das televisões...

E nós, Adeptos e Sócios, nada de jornais desportivos ou Correio Da Manhã, apenas a Sporting TV.

Como sabe bem, a nova "Liberdade" Leonina! 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

 

18
Jan18

Tristes Desabafos De Um Adepto Sportinguista...

Filipe Vaz Correia

 

Eu Sportinguista me confesso...

Revoltado, pela forma como alguns energúmenos resolveram apoiar o meu clube, num jogo de hóquei em patins, no Caixa Dragão.

Ofendendo gratuitamente, infelizmente já se tornou normal, mas este patamar de grito, de canção, vociferando para os céus, a tristeza por não ter ocorrido uma verdadeira desgraça a uns milhares de adeptos, só pelo facto de estes serem de um clube rival.

Que tristeza.

Que triste infelicidade, por ver este tipo de pessoas, vestindo a camisola do meu Sporting.

Demarcar-se deste tipo de actos, não se traduz num mero comunicado, numa mera questão semântica, demarcar-se deste tipo de gente, é definir regras, ter a coragem de actuar...

Aqui sim se justifica, a expulsão de um sócio, expurgando este género de "selvagens" do seio do clube.

Caso contrário, lá se vai a coerência, para clamar indignação, quando outros fazem o mesmo, quando como muitas vezes aqui escrevi, boçais festejam a morte de um adepto Leonino no Jamor.

E a coerência é sempre o caminho mais correcto para o sucesso.

Viva o Sporting.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

03
Jul17

Futebol!

Filipe Vaz Correia

 

 

 

Uma bola viajando,

De pé para pé,

E em cada passe namorando,

Essa espécie de fé,

De amor...

 

Uma bola aprisionada à imaginação,

Num desmesurado romantismo,

Palpitando o eterno coração,

Do adepto sofredor...

 

E em cada instante,

Sorrisos e lágrimas,

A cada segundo,

Gritos e silêncios,

A cada momento,

Suspiros e lamentos,

Intermináveis...

 

E volta a bola a rolar,

O sol a brilhar,

A noite a cintilar,

As crianças a sonhar,

Os adultos a gritar,

Sem parar,

Golo...

 

 E continua a bola a rolar;

O jogo a recomeçar,

Eternamente,

Mágico.

 

 

29
Mai17

Arriverdeci Totti!

Filipe Vaz Correia

 

 

 

Roma é o contrário de Amor;

Escreve-se de trás para a frente,

Mas ontem num gigantesco ardor,

Escreveu-se correctamente...

 

Um gigante, pequenino;

Com a voz embargada,

Regressando a ser menino,

No final da caminhada...

 

Com a esperança no olhar;

A saudade já eterna,

As lágrimas a escapar,

Por entre a despedida terna...

 

Milhares em admiração;

Juntos em comunhão,

Dizendo adeus a um irmão,

Que lhes aqueceu o coração,

Em cada jogada com a bola...

 

E deixando aquele relvado;

Imortalizando ali a sua história,

Eternizando esse passado,

Guardado nas memórias,

Daqueles apaixonados Tiffosi...

 

Arriverdeci, il Principe di Roma.

 

 

 

 

23
Abr17

E Depois do Derby?

Filipe Vaz Correia

 

E depois do Derby de ontem?

Depois de um jogo enfadonho, onde ambas as equipas aparentaram, estar desprovidas de argumentos para deslumbrar, o que fica para o resto do campeonato e o que se perspectiva para o futuro?

O Benfica sai de Alvalade com o titulo na mão, não porque eu ache que não irão perder mais pontos, acredito que ainda poderão perder, mas essencialmente porque não acredito que o FC Porto não os perca também...

É em Braga que o Porto acabou por entregar o titulo ao Benfica, com tudo o que isto acarreta para o panorama futebolístico nacional.

O Sporting vive um caminho mais difícil, após os noventa minutos de ontem, de uma gritante falta de rendimento, que ficou patente aos olhos de todos.

Os Leões entraram em campo e marcaram o golo e depois...

Depois, o Sporting desapareceu de campo, deixou que o Benfica crescesse e tomasse conta do jogo, apenas tentando em contra ataque mudar o rumo dos acontecimentos, o mesmo se passando na segunda parte, onde Bas Dost nos primeiros vinte minutos, teve duas oportunidades, de matar o jogo...

Falhámos!

Depois foi esperar que o Benfica marcasse ou que Patrício continuasse a adiar o impossível.

Jesus disse que o Sporting merecia ganhar pois foi quem teve as mais flagrantes oportunidades de golo, é verdade, porém a qualidade de jogo dos Leões ficou muito aquém do esperado, da dimensão deste derby...

O que mais me preocupa é o futuro, a falta de confiança nas apostas e essencialmente nos jogadores que este treinador insiste em afastar.

Como é que alguém que treina todos os dias com os jogadores, arrisca para um jogo destes em Jefferson, uma sombra daquele magnifico jogador que deslumbrou com Jardim ou Marco?

Este é um exemplo, de alguém destruído psicologicamente, sem motivação e acredito que muitos mais por Alvalade se encontrem nas mesmas condições, por exemplo Bryan Ruiz.

E Paulo Oliveira depois do magistral jogo de ontem, voltará para o banco, como de costume?

Estas contradições ficam patentes até nas substituições de Jesus, na demora em refrescar a equipa e dinamizar o meio campo que continua preso, com a lentidão de Alan Ruiz a ser demasiadamente notada em jogos, de grau de dificuldade, maior.

Com desilusão, mas com a esperança de sempre, olho em frente depois de um Derby que queria muito, mesmo muito, ganhar.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

Mais sobre mim

foto do autor

Comentários recentes

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts destacados

Pesquisar

Calendário

Maio 2021

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub