Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

07.09.21

 

 

 

D621759C-5DF4-4752-A41F-118ED3F5E62D.jpeg

 

 

 

Guardo em mim as tamanhas cicatrizes do meu passado;

as cartas que ousei não escrever

as palavras que desejei não pronunciar

as vezes que preferi me silenciar...

 

Guardo em mim;

as escrituras caladas de tamanhos segredos

solitárias caminhadas em noites sem fim

por entre imaginação e enredos...

 

Guardo em mim;

gente e memórias

retratos falados

em velhas histórias...

 

Guardo em mim;

as lágrimas e hesitações

de tantas citações

que temi recitar...

 

Guardo em mim;

o tanto que enfim

declamado se perpetuará

no que de tudo sobrar...

 

Pois de mim;

de nós...

 

Sobrará apenas;

aquele velho quadro

em cima da lareira

exclamando singelamente o derradeiro beijo

de dois amantes.

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub