Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

A Estafadeira Do “Omnipresente” João Ferreira...

Filipe Vaz Correia, 30.03.21

 

 

 

A779BA71-47E9-4989-8FA1-3BE097CE1A6C.jpeg

 

 

Meus queridos amigos venho aqui escrever este breve texto para manifestar a minha preocupação com esse centenário Partido que é o PCP.

Ao longo do tempo se foi falando da diminuição dos militantes e votantes Comunistas, coisa que apesar de ser notada me parecia manifestamente exagerada, no entanto, tenho de aqui vir anotar que essa realidade parece cada vez mais correcta.

Pois que outra explicação poderemos nós encontrar para a oficialização de João Ferreira como Candidato à Câmara  Municipal de Lisboa?

Será que é outro João Ferreira?

Ou é o mesmo?

O mesmo que foi candidato a Presidente da República, a Deputado Europeu, à Câmara Municipal de Lisboa, novamente a Deputado Europeu, novamente à Câmara Municipal de Lisboa, etc, etc, etc...

Ufa... que estou estafado!

Atenção que eu aprecio a estabilidade política, futebolística...

Mas talvez fosse preciso ganhar alguma coisinha que isto ir de derrota em derrota, de eleição em eleição, ano após ano, é deveras difícil.

A explicação que me parece mais óbvia é essa falta de militância, a escassez de escolha, a extinção do eleitorado Comunista...

Pois com o ruir da URSS e a chegada da era digital teremos de deixar cair por terra a hipótese de a missiva de Moscovo com o nome do cabeça de Lista do PCP possa se ter extraviado há anos ficando assim emperrado neste tão simpático João Ferreira.

De uma coisa não podem ser acusados...

Do dom da imprevisibilidade.

Boa sorte João Ferreira...

Pois o meu caro deve andar estafadíssimo.

 

 

Filipe Vaz Correia