Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Um Amor De Ontem...

Filipe Vaz Correia, 23.02.21

 

 

 

0F8FE945-CB10-417F-AF59-62278523B3F2.jpeg

 

 

 

Éramos tão jovens;

tão infinitamente jovens,

que não nos apercebemos do passar do tempo,

desse bater descompassado,

que a poeira não traz de volta.

 

Tão jovens na memória do olhar;

nesse espartilhar de emoções,

nesse querer amar,

carregado de contradições.

 

E por entre segredos guardados;

desejos imaginados,

viverão esse sonhos de outrora,

"nessas saudades de agora,"

que partiram...

 

foram embora.