Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

04
Nov19

McDonald’s: Amadorismo Ou Estupidez?

Filipe Vaz Correia

 

Por vezes é, somente, falta de bom-senso...

A McDonald’s Portugal resolveu fazer uma campanha para o Halloween que por ignorância, estupidez ou singela falta de bom senso, acabou por tocar numa das feridas mais sensíveis em território Europeu.

The Bloody Sunday.

Numa alusão ao famoso gelado Sundae, aproveitando este, agora na moda, Dia das bruxas, a McDonald’s Portugal numa referência à musica dos U2 resolveu anunciar uma invasão deste gelado em todas as lojas do País.

Numa imagem de um Sundae de framboesa, gritavam aos quatro ventos que na compra de um gelado, o segundo seria gratuito.

Que bela ideia!

Sundae Bloody Sundae...

Esperem lá, esta música dos U2, implicitamente referida na publicidade, não alude ao maior massacre de sempre naquela região, ou seja, o massacre na Irlanda em 1972?

Claro que alude.

De facto, imaginar que esta campanha publicitária passou por direcções de Marketing, Administrações ou CEO e ninguém se tenha apercebido de tamanha tonteira, é no mínimo aberrante, no entanto, assim aconteceu.

Claro que esta estupidez chegou ao Reino Unido, pelas páginas do The Guardian, referindo uma publicação no Twitter que denunciava esta aberração publicitária.

A McDonald’s Portugal retirou a campanha e desculpou-se da mesma...

O que sobra é a estupefacção perante a gritante falta de bom senso, amadorismo se quiserem, plasmada neste folhetim.

Enfim...

Alguém quer um hambúrguer?

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

 

 

04
Nov19

André Gomes E Son Heung Min: Uma História De Horror!

Filipe Vaz Correia

 

Que dia triste para o futebol...

Mais do que a bola que entra ou aquela que sai para fora, está a integridade física de um atleta, a condição maior de um jogador.

Neste Domingo, no Everton vs Tottenham, um arrepiante momento tomou lugar, um desventurado instante marcou e marcará a vida de dois homens...

Son Heung Min e André Gomes.

O André, fadado pelo destino num desafortunado encontro com uma lesão que lhe poderá ditar o fim da carreira, uma fractura exposta do tornozelo, num arrepiante momento que a todos aterrorizou...

E Son Heung Min, jovem talento da equipa Londrina, no papel de um vilão incapaz de sustentar o seu involuntário acto.

Nos olhos do Sul-Coreano fica plasmado o horror, a tristeza ardente de um gesto, sem maldade, mas que marcará a sua vida e a daquele que se tornou a sua vítima.

Ao olhar para aquelas imagens, não pude deixar de me contorcer com a dor do André, a desarmada pincelada de pesadelo que na face de todos transparecia, no entanto, sobrava a pena, palavra desgraçada, para com o causador de tamanha tragédia.

No olhar de Son Heung Min se entrelaçava esse medo, essa culpa, inocente culpa, que ameaça amarrar o solitário peso de um Ser Humano.

Tive pena pelo André e pena pelo Son...

O Futebol, assim como a vida, tem destes momentos, incapazes de interpretação ou poesia, somente a singela noção de um destinado fado, escrito nas nuvens, em dia de tempestade.

As melhoras meu querido André Gomes...

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Comentários recentes

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Calendário

Novembro 2019

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D