Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

10
Mai19

Com Quantas Letras Se Escreve A Palavra Amor?

Filipe Vaz Correia

 

Quanto tempo pode durar um amor?

Talvez o mesmo que durar a tinta que marca este papel, rasurada expressao de algo misteriosamente intrigante.

Com quantas letras se escreve a palavra amor?

Talvez até ao infinito...

Talvez infinitamente.

Tão infinito como o brilho das estrelas, o sentir do céu nessa imensidao de um querer que jamais deveria ter existido.

Vale tão pouco sentir, quando o bater da alma se desencontra com o destino e sem mais...

Sem mais, amarra e despedaça o querer maior que outrora fazia sentido sentir.

O que sobrevive de tamanho desejo?

Talvez nada...

Talvez tudo.

Talvez na memória, nesse pedaço de verdade seja capaz de habitar a expressão imensa do que foi vivido.

Ali...

Sem receios ou medos viveremos como deveria ter sido.

Pela eternidade...

Pela saudade de uma eternidade roubada.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Comentários recentes

  • Filipe Vaz Correia

    Minha querida MJP...Fico grato por ter lhe apresen...

  • MJP

    Olá, Filipe!Que texto bonito!Não conhecia Tim Bern...

  • Filipe Vaz Correia

    Queridissima MJP...Um beijinho Canequiano

  • MJP

    Lindo!Um beijinho

  • Alala

    Beijinho querido Filipe. Tem um bom dia.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Calendário

Maio 2019

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D