Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

03
Fev19

Interminável Amar...

Filipe Vaz Correia

 

 

 

As pedras da calçada;

Permanecem silenciadas,

Assistindo apertadas,

Às lágrimas disfarçadas,

Que escorrem amarradas,

A meu rosto...

 

As gotas da chuva;

Vêm em meu socorro,

Para que não se apercebam do desgosto,

Que em mim subsiste...

 

Só a solitária dor;

Que permanece vigilante,

Serve de confessor,

Ao ardor sufocante,

Deste sentir...

 

Desse sentir que esmaga;

E consome,

Que me esventra,

E sufoca,

Que me desnuda,

E amordaça...

 

Assim;

Nesse ténue cambalear,

Vai tropeçando sem fim,

Essa brisa de mar,

Que cresceu em mim,

Interminável amar,

De minha alma.

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Comentários recentes

  • Maria

    "Certamente um dia", espero que esse dia seja brev...

  • imsilva

    Oxalá!

  • Calimero

    Oxalá seja breve A esperança, os sorrisos, o norma...

  • Filipe Vaz Correia

    Meu caro Anónimo...Um abraço

  • Anónimo

    Infelizmente é verdade, não é uma daquelas mentira...

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Calendário

Fevereiro 2019

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D